Categorias

CIDADE Após tumulto, evento com pipeiros será remanejado para o centro de Niterói

maxresdefault-2 cópiaApós o tumulto que culminou na apreensão de 40 carretéis com linha chilena, também conhecida como linha de cerol, a Prefeitura de Niterói pretende modificar o local onde são realizados os eventos para pipeiros. De acordo com informações publicadas pelo jornal O Globo, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, disse que vai transferir o evento para o Caminho Niemeyer, na região central da cidade.

Rodrigo Neves revelou que a Praia de Icaraí não é o lugar ideal para um evento deste porte – na última semana, mais de mil pessoas estiveram no local.

Nos últimos três meses, cerca de 60 carretéis foram apreendidos na Praia de Icaraí e Piratininga e levados para o Depósito Público Municipal. Os encontros ocorrem eventualmente nesses locais convocados através de redes sociais e sem autorização da Secretaria de Ordem Pública.

A utilização desse tipo de material passou a ser proibida no município por meio do decreto municipal 11485 de 2013. O decreto proíbe a utilização de cerol e linha chilena. Não são permitidas também a guarda e comercialização. O decreto e amparado pela lei estadual 3278 de 1999.

“A ordem é continuarmos intensificando esse trabalho. As pessoas não estão impedidas de soltar pipa, que é uma diversão. O que não pode e não vamos permitir é que utilizem esse tipo de material cortante que coloca em risco a vida das pessoas. É muita irresponsabilidade. A segurança da população e a ordem pública estão em primeiro lugar” disse Leandro Nunes, inspetor-geral da Guarda Municipal de Niterói.

Conforme já foi divulgado no site do Guia de Niterói, por causa dos pipeiros, muitas pessoas que circulam pela Praia de Icaraí, para caminhar ou fazer exercícios, começaram a evitar o local, na quinta-feira. Segundo relatos, há grande disputa por espaço na areia, devido ao grande número de pessoas.

 

Comments ( 7 )

  • Tem ou não tem????
    E onde????

  • Ricardo

    Acho que ali é perigoso mesmo por que alguns não respeitam ! Só não tentem proibir a brincadeira, pois ela é saudável sim e é como qualquer outra que também tem seu risco !! Todas as brincadeiras tem seus problemas se deixarmos de fazê-las elas vão sumir junto com toda infância que já é pouco vista pelos bairros.

  • O problema não está nas crianças brincarem nas praias e sim com o preconceito e o fim das brincadeiras infantis praticadas pelos jovem, me diz onde tem um lugar livre e de fácil acesso para as crianças Brincar, correr e se diverti !?

    Não tem mais espaço para as pessoas praticarem as brincadeiras de infância, os locais estão cheio de prédio e pessoas estúpidas que parecem que saíram da barriga da mãe direto para maioridade …

    Então insentive as crianças a brincarem por que a infância está em instinção ..

  • Fui dar uma volta na praia de icaraí como sempre faço pois moro aqui, dois dias depois do evento.
    Nunca me machuquei caminhando na areia e faço isso tem mais de 10 anos.
    A areia estava coberta de linha, lixo, garrafa plástica, garrafas de vidro. Mas era muita linha mesmo, não é pouca coisa e a praia parecia uma lixeira.
    Infelizmente é verdade o povo não tem educação e esse tipo de atividade não é saudável quando prejudica outra pessoa, suja a praia e provoca confusão como aconteceu, algumas brigas. Melhor mesmo fazer isso longe de um bairro residencial e mudar pra uma praça no meio da cidade.

  • /concordo com o amigo Marcio!

    a frefeirura deve organizar nelhor os eventos do caminho Niemeyer! da mais conforto para os usuarios!

  • É isso aí! A Zona Sul não merece invasão de trombadinhas, de delinquentes, de projetos de grandes marginais. Mas o Centro… O Centro sim. Lá não tem problema. No Teatro Popular, onde não há sequer um banheiro público (um teatro sem banheiro, porque o que tem é privativo do bistrô), onde todos fumam nas áreas cobertas, inclusive os agentes da Guarda Municipal, onde o frequentador não te educação e joga seu lixo em qualquer lugar, onde o estacionamento custa R$ 5 por 4 horas, lá pode tudo!

    É isso mesmo. Vamos mudar o evento para lá. Porque o cidadão que frequenta o Caminho Niemeyer, no Centro, é da Zona Norte, ou vem de São Gonçalo ou de Itaboraí. Esse pessoal já está acostumado com ambientes hostis, com gente que não respeita gente, com balbúrdia e desorganização.

    Tá certo!

Leave a Comment

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>