Categorias
NOVIDADES

CIDADE Obras em marcos da cidade devem ser inauguradas nas próximas semanas

MacIlhaDois dos mais belos cartões-postais de Niterói estarão de cara nova nos meses de fevereiro e março e à disposição de moradores e visitantes da cidade: a Ilha da Boa Viagem e o Museu de Arte Contemporânea (MAC). De acordo com o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, o planejamento está sendo cumprido e, no dia 17 de fevereiro, a prefeitura entrega a restauração da Ponte da Ilha da Boa Viagem. Já o novo MAC será inaugurado em meados de março.

Na Ilha da Boa Viagem, equipes da Emusa (Empresa Municipal de Moradia, Urbanização e Saneamento), da Seconser (Secretaria de Conservação e Serviços Públicos) e de diversas secretarias tem intensificado o trabalho de serviços de corte de mato, pintura, poda, reforço de iluminação, limpeza, entre outros. Na primeira fase, será entregue a obra da ponte e toda a manutenção da Ilha. Já na segunda fase, serão entregues a reforma e restauração do antigo Casario dos Escoteiros e dos caminhos da ilha.

No mês que vem, equipes da Guarda Municipal serão deslocadas para a ilha e cuidarão do local. Os escoteiros atuarão como orientadores na ilha, contando a história da mesma e do escotismo no Brasil. A Neltur manterá um totem e uma base permanente no local com informações turísticas.

“ Muitos niteroienses, como eu, gostariam de visitar esse recanto da cidade. A ponte chegou a ficar condenada por mais de 15 anos pela Defesa Civil, por falta de diálogo entre a prefeitura e os escoteiros. Agora a Ilha da Boa Viagem será aberta à visitação”,  disse Rodrigo Neves .

“Este espaço é um dos mais importantes do escotismo do Brasil com uma história forte. Nunca havíamos conseguido esse diálogo para abrirmos o local. É importante para a cidade e para os próprios escoteiros, que ajudarão a passar um pouco dessa história para os moradores e visitantes”, afirmou  o presidente do grupo de escoteiros Gaviões do Mar, André Torricelli.

O vice-prefeito, Axel Grael, destaca a importância das iniciativas. Segundo ele, “a visitação será feita em parceria com os escoteiros e, desta forma, permita uma melhor interação com o local”.

“A preparação inclui, também, o mapeamento das espécies vegetais que compõem o ecossistema da ilha. A Ilha da Boa Viagem e o MAC formarão um conjunto que, com certeza, será um grande atrativo turístico para Niterói. Já há planos para realização de projetos culturais no local, como saraus. Abrir a ilha para visitação será um grande sucesso”, revela o vice-prefeito.

MAC

Entre as melhorias que o MAC vai receber está a troca do piso, um novo sistema de iluminação LED e a substituição das grades por vidro.

“ O museu faz 20 anos e desde 1996 nunca teve qualquer tipo de investimento, seja na sua conservação ou na sua modernização. Com o projeto que estruturamos de modernização e acessibilidade, teremos a mesma qualidade em infraestrutura e equipamentos de museus com projeção internacional similar à do MAC. O museu estará num patamar ainda mais elevado. O sistema de iluminação foi proposto pelo Peter Gasper e agora atualizado. Teremos uma nova entrada, com mudanças de paradigma. A grade impedia que se contemplasse a paisagem com o museu e isso está sendo priorizado com a instalação de um novo portal com vidrões específicos, capazes de suportar vento. Também estamos impermeabilizando a construção para evitar goteiras e infiltrações. Com essa obra, teremos o MAC que a cidade merece e um legado para as futuras gerações”, afirmou Rodrigo Neves.

Luiz Guilherme Vergara, diretor do MAC, disse que a obra faz parte de uma visão política amadurecida.

“Restaurando toda a sua estrutura, nós colocamos o MAC  no século XXI.  Uma visão de futuro cultural e turístico”, disse.