Categorias
NOVIDADES

CIDADE Novas detonações no túnel Charitas-Cafubá acontecem nestas terça e sexta-feira

transoDuas novas detonações da obra que compõe o túnel Charitas-Cafubá acontecerão nesta terça-feira (8/12) e na próxima sexta-feira (11/12). Elas serão realizadas no lado de Charitas. Nos dois dias, a operação será às 14h30 e mobilizará equipes da Defesa Civil e das áreas de saúde, segurança, trânsito e assistência social para orientar a retirada dos moradores da comunidade do Preventório.

Cerca de 400 famílias deverão deixar suas casas e seus trabalhos uma hora antes das detonações. Elas serão acolhidas no quartel do Corpo de Bombeiros da Avenida Quintino Bocaiuva. Duas sirenes vão alertar os moradores antes da explosão. No momento da detonação, tocará um terceiro sinal sonoro. As famílias só poderão retornar aos imóveis após ouvir a quarta e última sirene.

A NitTrans atuará no bloqueio e na orientação do trânsito nas ruas próximas, com apoio da Coordenadoria de Trânsito da Guarda Municipal. O tráfego de catamarãs também será temporariamente interrompido. Também não serão permitidos voos de asa-delta e parapente no Parque da Cidade durante o momento da detonação. Agentes da Secretaria de Saúde, ambulâncias da Samu e dos Bombeiros estarão de prontidão.

Essas duas detonações, que serão as últimas de 2015 pelo lado de Charitas, terão um impacto maior do que a primeira, realizada no último dia 19 de novembro, com 20 quilos de explosivo. Agora, serão utilizadas 72 quilos em cada explosão.

“Isso torna o evento muito maior. Por isso, a questão da segurança é uma prioridade para nós”, explicou o engenheiro Lincoln da Silveira, da Empresa Municipal de Urbanização, Saneamento e Moradia (Emusa).

No lado do Cafubá, as escavações do túnel chegaram, atualmente, a 500 metros de extensão (250 metros de cada galeria). Lá as implosões continuarão ocorrendo, diariamente, até o dia 23 de dezembro, retornando no dia 4 de janeiro de 2016.

Obra mais importante dos últimos 40 anos em Niterói, a TransOceânica terá 9,3 quilômetros de extensão e beneficiará cerca de 80 mil pessoas por dia. Na primeira detonação do túnel pelo lado de Charitas, o prefeito anunciou que as galerias do túnel terão os nomes do historiador e jornalista Luís Antônio Pimentel, falecido este ano, e do ex-prefeito João Sampaio, falecido em 2011.