fbpx
Acesse nossas Mídias

Colunas

Revitalização da Lagoa de Piratininga

Compartilhe

Por Ana Carolina Aldighieri ([email protected])

Dever Sustentável!

Olá, Gente! Meu nome é Ana Carolina Aldighieri e agora faço parte da equipe de colunistas do Guia De Niterói. Tenho 24 anos, sou natural de Petrópolis, Região Serrana do Rio, mas vivo em Niterói há 9 anos, o que me faz sentir uma niteroiense também!

Sou formada em comunicação social. Em meados da faculdade comecei a me perguntar o que estava fazendo naquele curso. Fiquei na dúvida se era aquilo mesmo e procurei seguir um caminho profissional mais significativo para mim, buscando alinhar minha formação com valores pessoais. Nesse meio do caminho, conheci a “tal” sustentabilidade – e quando falo dela, penso na esfera ambiental, social e econômica – e vi que seria o caminho para contribuir com o bem da sociedade. Hoje, procuro me informar sobre problemas ambientais, gestão e tudo que é relativo a esta área. Sou voluntária do grupo Greenpeace – Rio de Janeiro e desta forma, tento passar um pouco mais de informação e conscientização para a sociedade.

Nesta coluna vou procurar falar sobre os problemas atuais e o cenário ambiental de Niterói e Rio e avanços também no Brasil. Reciclar ideias, reaproveitar o tempo e reduzir a distancia da informação. Sejam bem-vindos e fiquem à vontade para participar de espaço, comentando, denunciando e, principalmente, ajudando a promover um mundo melhor para se viver.

Revitalização da Lagoa de Piratininga

A secretaria de Estado do Ambiente (SEA), o Instituto Estadual do Ambiente (INEA) junto com Prefeitura de Niterói e Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS) deram início nesta terça feira dia 22 de Janeiro à segunda etapa das obras de revitalização e dragagem da Lagoa de Piratininga, na Região Oceânica.

Segundo o INEA, as obras dessa etapa incluem o desassoreamento do fundo da Lagoa, com a retirada de ilhas de material lodoso na entrada dos canais do Timbau e de Camboatá, além da instalação de comportas para um melhor controle do fluxo de entrada e saída das águas do mar no sistema lagunar na região, além da retirada de pedras lançadas por ondas e correntes marítimas para os leitos dos canais e da lagoa.

Objetivando reverter o quadro de degradação ambiental das lagoas da região, o projeto visa à renovação, circulação e melhoria da qualidade das águas das lagoas de Piratininga e Itaipu.

As obras estão orçadas em R$ 5 milhões e cabe agora, a sociedade civil ficar atenta aos acontecimentos e acompanhar os desdobramentos da revitalização dessas belezas naturais de Niterói.

Com a realização das obras, a lagoa terá nova vida e poderá ser usada para prática de esportes e navegação, visto que aumentará o espelho d’água e a profundidade das lagoas. Será de grande importância à pesca artesanal que terá águas mais oxigenadas e, principalmente, aos moradores da região, que poderão aproveitar melhor os benefícios da Lagoa.


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Colunas

Topo
Precisa de ajuda?