Acesse nossas Mídias

Professor preso com 48 mil downloads de pornografia infantil em Icaraí não levantava suspeitas de colegas de trabalho

Polícia

Professor preso com 48 mil downloads de pornografia infantil em Icaraí não levantava suspeitas de colegas de trabalho

O professor de inglês Rafael Ornellas Barbosa, morador de Icaraí, foi preso na última quinta-feira por realizar 48 mil downloads de pornografia infantil. Além dele, policiais da Delegacia de Proteção a Crianças e Adolescentes (DPCA) da cidade prenderam outras duas pessoas envolvidas em crimes de pedofilia.

Uma jovem que já trabalhou com Rafael e preferiu não se identificar contou ter ficado muito surpresa ao saber da prisão do seu antigo coordenador em um curso de idiomas localizado também em Icaraí. Segundo a professora, a personalidade dele não dava qualquer indício de que pudesse ser um suspeito de manter conteúdo de pornografia infantil para uso pessoal.

— Ele era super tranquilo, uma pessoa muito sociável, comunicativa. Todo mundo que conheço que também o conhece gostava bastante dele. Era visto como gente boa, tinha jeito para conversar com as pessoas. Fiquei assustada e muito surpresa com o que aconteceu. Não podia jamais esperar isso dele. Nunca passou pela minha cabeça — afirmou.

A operação batizada como Revelação contou com o apoio de outras delegacias especializadas e ocorreu em paralelo à operação Luz na Infância, realizada no mesmo dia em 18 estados, no Distrito Federal, e ainda em algumas localidades da Argentina.

A ação da Polícia Civil em Niterói cumpriu nove mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça. Os agentes atuaram nos bairros de Barreto, Icaraí, Sapê e Cubango.

Após dois meses e meio de investigações, que contou com o uso de um programa para identificação de IPs de quem realiza downloads de pornografia, a autoridade policial representou junto à Justiça pela apreensão dos equipamentos para investigar.

Operação Luz na Infância prende 45 pessoas por crimes relacionados à pornografia infantil

O Ministério da Segurança Pública informou que 45 pessoas foram presas por crimes relacionados à pornografia infantil durante a Operação Luz na Infância até às 17h desta quinta-feira.

Coordenada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), a ação mobilizou cerca de mil policiais que atuaram no cumprimento de 69 mandados de busca e apreensão no Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rondônia, São Paulo e Tocantins.

A operação é fruto de uma cooperação entre a Diretoria de Inteligência da Senasp, a Polícia de Imigração e Alfândega dos EUA (US Immigration and Customs Enforcement-ICE), o Corpo de Investigações Judiciais (CIJ) do Ministério Público Fiscal da Cidade Autônoma de Buenos Aires e as Polícias Civis do Brasil para o desenvolvimento e aprimoramento da atividade de repressão à exploração sexual infantojuvenil

Continuar Lendo
Anúncio
Comentários

Mais Polícia

Previsão do Tempo

Topo