fbpx
Acesse nossas Mídias

Notícias

Obras dos Programas Médico de Família na Ponta da Areia, Ingá e Baldeador devem ser concluídas até outubro

Compartilhe

Prefeito de Niterói visitou as intervenções, que fazem parte do Plano Niterói 450 anos – Saúde, que vai investir R$ 300 milhões em obras e renovação de equipamentos e mobiliários e gerar empregos na cidade

O prefeito de Niterói, Axel Grael, visitou nesta quinta-feira (21) as obras de reforma das Unidades do Médico de Família Vó Tereza (PMF Ponta da Areia), Jesus Montañez (PMF Palácio) e Zilda Arns (PMF Baldeador).

As obras, que devem ser concluídas até o fim de outubro, fazem parte do Plano Niterói 450 – Saúde que vai investir R$ 300 milhões em obras e renovação de equipamentos e mobiliários em 70 unidades que passarão por algum tipo de reforma, ampliação ou construção.

O prefeito destacou que as obras visitadas fazem parte de um conjunto de obras que a Prefeitura de Niterói desenvolveu para melhorar toda a estrutura de saúde e de atendimento para a população da cidade.

“Nesta manhã, visitamos três unidades do Médico de Família que estão passando por obras. Estivemos na Ponta Da Areia, no Morro do Palácio e no Baldeador. Estamos também licitando novas intervenções e seguimos com o trabalho para que a saúde de Niterói esteja cada vez melhor” afirmou.

O PMF do Baldeador vai receber uma reforma geral, com investimento aproximado de R$ 460 mil, para atender os mais de 5.500 usuários cadastrados.

O posto da Ponta da Areia também passará por uma reforma geral com custo de pouco mais de R$ 470 mil que vai beneficiar mais de 6.800 niteroienses. Já a unidade do Palácio vai investir cerca de R$ 416 mil em sua reforma que atende mais de 3.730 moradores da comunidade local.

O prefeito ressaltou que Niterói está fazendo um grande esforço para manter o ritmo de obras porque a construção civil é a forma mais rápida de gerar empregos.

“Nessas obras que visitamos hoje, estamos gerando cerca de 50 empregos diretos. A Prefeitura anunciou, como parte do Plano Niterói 450 anos, obras na educação, saúde, região norte e centro da cidade, obras de sustentabilidade e implantação de parques, no total são aproximadamente R$ 2 bilhões em obras na nossa cidade para melhorar a infraestrutura de Niterói, gerando muitos empregos diretos e indiretos”.

A visita foi acompanhada dos secretários Rodrigo de Oliveira (Saúde) e Vicente Temperini (Obras), Paulo César Carrera (presidente da Emusa), Oto Bahia (Núcleo Executivo do Baldeador, Caramujo, Santa Bárbara e Maria Paula), agentes das Administrações Regionais e do legislativo e também pelos trabalhadores das unidades de saúde locais.

De acordo com o secretário de Saúde, Rodrigo de Oliveira, esse investimento é essencial. Segundo ele, a pandemia mostrou a importância do SUS de Niterói para a vida dos cidadãos e a importância de termos as condições adequadas para os trabalhadores da saúde garantirem o atendimento.

O secretário reforçou que o Plano Niterói 450 Saúde é um esforço para modernizar a estrutura e garantir um processo de adequação e modernização da saúde para que os profissionais sigam atendendo mais e melhor.

“Niterói lançou o Plano 450 anos – Saúde, com investimentos na ordem de R$ 260 milhões em reformas, ampliações e construção de unidades e mais R$ 40 milhões para renovação de equipamentos e mobiliários de todas as unidades de saúde. No caso de obras, serão 70 unidades de saúde que serão reformadas, construídas e/ou ampliadas e o Programa Médico de Família receberá 30 obras ao longo de três anos e, até o fim deste ano, já teremos iniciado 15 reformas. As unidades do Vó Tereza (Ponta Da Areia), Palácio e Baldeador já estão com obras bastante avançadas. Também já começamos as intervenções na unidade da Ititioca e Maravista. Junto com a renovação de todo mobiliário, colocaremos as unidades em condições mais adequadas para dar cada vez mais qualidade e dignidade para a população das comunidades ser atendida”, declarou o secretário.

Joaquim Jorge, presidente do Conselho Municipal de Saúde (representante dos usuários) e diretor da Federação das Associações de Moradores de Niterói, também acompanhou a visita às unidades de saúde.

“Estamos visitando as obras e estou muito feliz porque abriu a oportunidade para empregos para as famílias das comunidades. Isso aumenta a autoestima das pessoas. Com isso, elas podem ter uma forma digna de sustentar a sua família, que é muito importante”, contou.


Fotos: Douglas Macedo

Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Notícias

Topo
Precisa de ajuda?