Categorias

NOTÍCIAS Atraso e lentidão nas obras da Marquês do Paraná ​

A obra, que visa melhorar o fluxo de veículos e a mobilidade na região, através do alargamento da pista da Marques do Paraná, está parada e sem prazo certo para entrega.

ATRASO NO PRAZO

O prazo dado pela Prefeitura para a demolição dos edifícios no caminho da obra de alargamento da Av/ Marques de Paraná, no centro, terminou no último dia 14 de fevereiro. Antes disto, a Prefeitura já tinha divulgado que as demoli cões terminariam em JULHO de 2018.

Quatro edifícios já foram demolidos, mas ainda resta colocar um prédio abaixo, que ainda está ocupado. A intervenção, iniciada em 2017, tem o objetivo de melhorar o fluxo do entorno, um dos gargalos do trânsito da cidade. Mas não explica ao certo como seria o fluxo mais à frente, próximo ao clube Rio Cricket, o que deixa muitas dúvidas na cabeça dos cidadãos.

Os prédios de número 230 (Dr. Celestino) e 286 e parte do 294 (Av. Marquês do Paraná) já foram postos abaixo em 2018. Ainda em novembro do mesmo ano, teve início a segunda etapa de demolições, que pôs abaixo o restante do número 294 e o 226. Porém, a construção de número 298 ainda continua de pé e sem data para ser demolida.

O locatário de uma das lojas no local questiona as intervenções no local e garante que muitos, sequer, são avisados de nada, e ficam totalmente na dúvida, sem saber o que esperar.

OBRAS PARADAS

O canteiro de obras do local, que fica na esquina entre as ruas Dr. Celestino e Marquês do Paraná, está sem maquinário desde o mês passado, quando as demolições dos edifícios já haviam sido concluídas. Já no prédio de número 298 na Marquês do Paraná, o funcionamento de algumas lojas continua normalmente, e ninguém tem informações precisas a respeito do andamento da obra.

O projeto também prevê uma ciclovia que ligará Icaraí ao Centro da cidade, entre a Rua Dr. Celestino e a Rua Miguel de Frias. O objetivo é acabar com um dos principais gargalos do trânsito. O planejamento também inclui a reurbanização do local até a Avenida Amaral Peixoto, com calçadas dentro das normas de acessibilidade e uma nova praça sobre o mergulhão Ângela Fernandes.

A Prefeitura de Niterói diz que espera entregar até o fim de 2019. Segundo o Executivo, o projeto executivo da duplicação está sendo finalizado e as obras devem começar ainda neste semestre.

Leave a Comment

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>