Acesse nossas Mídias

Cidade

Niterói será a primeira cidade da América Latina a oferecer sistema BHLS

Compartilhe

2014021390801Se tudo correr dentro do programado, em breve Niterói será a primeira cidade da América Latina a oferecer o sistema BHLS (sigla para definir Ônibus de Serviço de Alto Nível, em inglês), que já existe na Europa desde a década de 1980. Junto com a construção da TransOceânica e a modernização da Região Central, o projeto faz parte de um plano ousado em transformar a cidade em referência nos próximos anos. De acordo com a reportagem do Jornal O Dia, para a criação do serviço de alto nível, serão gastos R$ 310 milhões. 

Os ônibus do BHLS apresentam algumas diferenças do que atualmente transitam pela cidade: são menores e mais baixos, refrigerados, com portas em ambas as laterais e podem oferecer sinal para internet banda larga. Além de mais conforto, o BHLS permite, ainda, mais agilidade no trânsito, devido a um sistema especial de sinalização que prolonga o tempo do sinal à medida que o veículo vai se aproximando.

Outra particularidade é que os ônibus do BHLS podem circular tanto pelos corredores exclusivos do BRT quanto por outras vias. O trajeto será feito pela TransOceânica, que ligará Charitas ao Engenho do Mato. A via expressa terá 9,3 quilômetros de extensão e um túnel de 1,3 quilômetro ligando Cafubá a Charitas. O BHLS vai proporcionar a integração tarifária e operacional com outros modais como a estação aquaviária de Charitas. Outra novidade é que o embarque será nas 13 estações, a serem construídas no corredor exclusivo e onde serão feitas a bilhetagens, segundo o jornal.

Para O Dia, o Subsecretário de Urbanismo e Mobilidade de Niterói, Renato Barandier, explicou que o tempo estimado do trajeto entre a primeira e a última estação é de 25 minutos e a tarifa será a mesma do ônibus convencional.

A reportagens não informou quando as obras da BHLS irão começar, porém, elas não devem demorar. Na semana passada, as licitações para as obras da TransOceânica e do Mercado Popular do Largo da Batalha foram assinadas.

Fonte: O Dia


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Cidade

Topo
Abrir chat
Precisa de ajuda?