Acesse nossas Mídias
campanha combate coronavirus

Cidade

Niterói Presente no Fonseca é adiado e não tem prazo para começar

Compartilhe

O início do programa Niterói Presente no Fonseca, que reforçará o policiamento na região da Alameda São Boaventura, foi adiado. O patrulhamento estava previsto para começar na última segunda-feira, mas, segundo a prefeitura, questões burocráticas com o governo do estado atrasaram a expansão do projeto para a Zona Norte.

O município não anunciou nova data para o início das rondas. O Fonseca será o primeiro bairro da região a contar com o programa. O planejamento da prefeitura prevê que os agentes se concentrem na Alameda São Boaventura e em ruas transversais à ela em grupos formados por dois policiais militares da reserva — selecionados através de processo simplificado de contratação — e um agente civil de segurança, em carros e motos. A prefeitura ainda definirá o total de profissionais que atuarão na região. Os agentes do Niterói Presente atuam hoje em Icaraí, Santa Rosa, Jardim Icaraí e Centro, com 200 homens.

Até o fechamento desta edição, a Secretaria de Governo do estado não informou que tipo de burocracia provocou o adiamento do programa.

A determinação da Secretaria de Estado de Segurança para que os policias que compõem as equipes da Operação Segurança Presente usem as tradicionais fardas da Polícia Militar deixou moradores e comerciantes preocupados com a desconfiguração projeto. Os agentes passarão a utilizar apenas uma braçadeira da Segurança Presente para diferenciá-los dos PMs que estão na ativa.

A prefeitura diz que só comentará o assunto quando for oficialmente comunicada. Em nota, reforça que “o programa é um convênio da prefeitura com o governo do Estado, com todos os custos pagos pela administração municipal, e, por conta disso, qualquer alteração no programa deverá ser discutida entre as duas partes”.


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Cidade

Topo