fbpx
Acesse nossas Mídias

Notícias

Guarda Ambiental resgata capivara na Região Oceânica

Compartilhe

Uma moradora do bairro Serra Grande, na Região Oceânica de Niterói, foi surpreendida com uma capivara no seu quintal, na última sexta (13).

Após contato com o Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), uma equipe da Coordenadoria Ambiental da Guarda Municipal de Niterói foi ao local para resgatar o animal que passou por avaliação e foi levado de volta ao seu habitat natural no Canal do Camboatá, em Itaipu.

O coordenador Macedo, um dos responsáveis pela Guarda Ambiental, participou do resgate. Ele acredita que a capivara tenha passado por um pequeno buraco no muro da casa e depois não conseguiu sair.

“A Coordenadoria de Meio Ambiente é treinada para captura de animais silvestres sem causar estresse aos animais. Após a captura, é realizada uma avaliação dos bichos que quando saudáveis são imediatamente reintegrados ao habitat natural. Orientamos a população para, sempre que se separar com algum animal silvestre, mantenham distância, não tentem manusear de forma alguma e entrem em contato com o Cisp, pelo número 153”, explica o coordenador.

A Coordenadoria Ambiental da Guarda Municipal, em 2021, fez o resgate de 3.574 animais silvestres dentro de todas as normas de segurança e com agentes treinados e capacitados para o resgate.

Entre as espécies estão capivaras, corujas, gambás, tartarugas, cobras, gaviões, bichos-preguiça e tamanduás, entre outros. Depois de contidos e capturados, os animais passam por uma avaliação e, caso estejam bem, são reintegrados à Unidade de Conservação mais próxima.

Em caso de ferimentos ou estado geral debilitado, são encaminhados para instituições parceiras como o Cetas, Centro de Atendimento de Animais Marinhos, Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras) ou Instituto Vital Brazil, se for alguma espécie de cobra venenosa.


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Notícias

Topo
Precisa de ajuda?