Categorias
NOVIDADES

POLÍCIA Bandidos da “moto vermelha” atacam novamente pelas ruas de Icaraí

raphakinA dupla de bandidos que utilizam uma moto (Honda Falcon) vermelha para abordar vítimas e praticar assaltos em Icaraí e em regiões próximas, voltou a atacar  na noite da última terça-feira, 19.

O primeiro ato criminoso aconteceu na Rua Moreira César, próximo à Rua Lopes Trovão. Um homem que estava em seu carro esperando sua mulher, em frente a um supermercado, foi rendido pelos assaltantes. Um deles entrou no carro obrigando a vítima a dirigir, apontando uma arma em sua cabeça.

Já no bairro Vital Brazil, o bandido teria ordenado à vítima que fechasse um outro carro (Kia Cerato preto), para trocar de veículo e refém. Após a fechada, no momento em que o criminoso desceu do carro para realizar o outro assalto, a vítima que havia sido rendida primeiramente acelerou para tentar fugir e acabou provocando um acidente na esquina da Avenida Almirante Ary Parreiras com a Graciliano Ramos, próximo ao posto de saúde do bairro. De acordo com testemunhas, o criminoso fugiu no Cerato roubado.

Histórico –  Faz pelo menos uma semana que a dupla de “motoqueiros” armados vem aterrorizando moradores de Icaraí. Segundo a polícia, pelo menos seis vítimas de assalto registraram queixa na 77ª DP (Icaraí). No último domingo (16), um casal atacado desabafou através da rede social. Eles contaram que às 6h foram assaltados ao sair de uma padaria na Rua Gavião Peixoto, esquina com Mariz e Barros.

“Dois marginais numa moto vermelha nos abordaram, armados, colocando a arma na minha cintura e na cabeça da minha amiga. Levaram meu Iphone e a bolsa da minha amiga. Quando cheguei na delegacia para fazer o Boletim de Ocorrência (BO), havia outra vítima lá, que tinha sido roubada. Levaram o Iphone e a mochila. Mochila tal que o marginal estava usando quando me assaltou. Está difícil viver em Niterói, qualquer hora é hora”, postou uma das vítimas.

Um dia antes, a dupla teria agido por volta de meia-noite, na Rua Ary Parreiras, assaltando um grupo de adolescentes. O caso também foi parar nas redes sociais.

“Eram dois bandidos negros, sem camisa, em uma moto vermelha. Depois do assalto, uma senhora nos disse que também tinha sido assaltada poucos minutos antes perto dali. Niterói está complicada”, dizia a mensagem.

Devido aos constantes crimes atribuídos à dupla, a Polícia Civil estuda uma operação conjunta com a Polícia Militar.

Foto: Divulgação Internet / Rapha Kin