Categorias
NOVIDADES

O QUE FAZER? Arte na Rua desta semana com Música, cinema e espetáculos infantis.

O Arte na Rua segue oferecendo um cardápio de atrações gratuitas em diversos pontos da cidade. Nesta semana, destaque para Isaias Benedito, Bruce Lemos e Edinho Gerber na Moreira César, a exibição dos filmes “Uma Noite em 67” e “Luz, Câmera, Pichação”, a sonoridade experimental brasileira da banda Filtra e a apresentação do Clube de Boneco Seu Malaquias no Campo de São Bento.

Edinho Gerber.Nosso circuito começa na terça-feira, 12, com o músico Edinho Gerber. Natural de Niterói, filho de mãe brasileira e pai norte-americano, o violonista e compositor habita num mundo musical miscigenado. Criado nos Estados Unidos e no Brasil, ele foi exposto desde cedo a diversos estilos musicais. Após se formar em Jazz pela Universidade de Northern Illinois, ele decidiu dedicar-se às intercessões sonoras de sua nacionalidade dupla. Mudou-se, então, para Chicago, local em que explorava o mundo do jazz, porém, sempre mantendo contato com suas raízes brasileiras. O músico, depois de mais de dez anos nos EUA, está morando novamente no Brasil e aprofundando-se cada vez mais na riqueza da música brasileira.

Em outro ponto da Moreira César, na esquina com Pereira da Silva, o Arte na Rua recebe Bruce Lemos e Isaías Benedito. Músico conhecido por suas participações em bandas como “Farofa Carioca”, “Em Cima do Tom” entre outras, o trompetista Isaías Benedito divide o palco com o tecladista Bruce Lemos em um show repleto de clássicos da MPB, Bossa Nova e Jazz . No repertório, grandes mestres como Tom Jobim, Miles Davis, John Coltrane e Milton Nascimento.

 clima dos concorridos festivais de música toma conta do Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, nesta quinta-feira, 14, às 18h, com a exibição do filme Uma Noite em 67. Com direção de Renato Terra e Ricardo Calil, o documentário conta a história da final do 3° Festival da Música Popular Brasileira da TV Record, em 21 de outubro de 1967. Entre os candidatos aos principais prêmios figuravam Chico Buarque de Holanda, Caetano Veloso, Gilberto Gil e Mutantes, Roberto Carlos, Edu Lobo e Sérgio Ricardo, protagonista da célebre quebra do violão no palco. Com imagens de arquivo e apresentações de músicas hoje clássicas, o filme registra o momento do tropicalismo, os rachas artísticos e políticos na época da ditadura e a consagração de nomes que se tornaram ídolos, por meio de depoimentos de músicos como Chico Buarque, Caetano Veloso e Gilberto Gil.

FiltraNa sexta-feira, 15, às 18h30, a banda Filtrasobe ao palco do Arte na Rua, na Praça Getúlio Vargas, em Icaraí. Despontando na cena underground carioca e alcançando um número cada vez maior de seguidores em São Paulo e Fortaleza, o Filtra promove uma mistura artesanal de Rock Psicodélico, Experimental, Baião, Afrobeat, Jazz e MPB. Após lançar em 2011 dois singles, “O Dito Cujo” e “O Evangelho Segundo Você”, o primeiro disco intitulado Auto-Ilha, saiu do forno no fim de 2012 e foi produzido em parceria com Pedro Garcia (Planet Hemp, Rockz, Lobão) no Estúdio Canto dos Trilhos em Santa Teresa/RJ. No show, o público vai poder conhecer as músicas do disco e a sonoridade “experimental brasileira” do grupo. A Filtra é formada por Fellipe Mesquita (voz), Thiago Vasconcellos (guitarra), Saulo Limeira (baixo) e Mateus Nagem (bateria). No repertório, canções autorais como “Incolor”, “O Evangelho Segundo Você” e “Azimute”.

No sábado, 16, às 11h, na Praça João Saldanha, o Arte na Rua apresenta o infantil Contação de Histórias. Três contos populares do Brasil resgatados pelos pesquisadores Luís da Câmara Cascudo e Monteiro Lobato. Em “A mãe de São Pedro” uma velhinha ranzinza parte dessa pra melhor e faz de tudo pra entrar no céu. Em “A raposa e o homem” uma raposa teimosa decide testar a bondade dos homens. Já em “Os rins da ovelha” um apóstolo mentiroso é descoberto pelo Mestre através de um sábio. O espetáculo é produzido pela Cia do Solo, formada por Gabriel Sant’Anna e Martha Paiva. Juntos, eles reúnem um repertório formado por contações de histórias, solos narrativos para o público adulto e números de palhaço, além de espetáculos realizados em dupla onde os artistas se revezam na narração, encenação e trilha sonora executada ao vivo. Com formação em artes cênicas e história da arte, Gabriel e Martha trazem em sua trajetória experiências com a linguagem do palhaço, da narração de histórias, do teatro e da música, além da arte educação tendo trabalhado juntos no Setor Educativo do CCBB-RJ. O grupo já se apresentou em teatros, festivais, bibliotecas, livrarias, feiras literárias, centros culturais e diversos eventos ligados ao teatro, ao circo, a narração de histórias e a literatura nos últimos anos.

Os Charlatões Mais Sinceros do MundoNo mesmo horário, em outro ponto da cidade, no Horto do Fonseca, Os Charlatões Mais Sinceros do Mundo despertam a atenção do público infantil. Um palhaço e uma mímica, cansados de serem enganados, resolvem utilizar das artimanhas dos charlatões para levar o seu público para uma sincera gargalhada. Quando se encontram, tudo pode acontecer: os palhaços montam seu circo, desafiam as leis da natureza, quebram todos os recordes estipulados e expectativas criadas.

Ainda no domingo, às 18h, na Praça Irênio de Matos, no Engenho do Mato, a sessão de cinema do Arte na Rua apresenta Luz, Câmera, Pichação. O filme dos diretores Gustavo Coelho, Marcelo Guerra e Bruno Caetano, registra a cultura da pichação da cidade do Rio de Janeiro e apresenta uma convivência direta com os pichadores, suas formas de socialização, histórias de vida, grafias, sucessos, seus riscos, perdas e ganhos. “Pichação não é graffiti”, atesta um dos retratados no documentário. Esta distinção que só acontece no Brasil, incompreensível para a maioria das pessoas, tornou-se crime e a situação acaba justificando, diante da sociedade, as violências às quais todo pichador está sujeito a passar. Suscetíveis à nomeação “vândalos”, o longa-metragem é fonte para pensar nas fragmentações e indiferenças que constituem grande parte dos desafios contemporâneos da nossa sociedade.

Serviço :

Edinho Gerber – Violão Miscigenado, música
Local: Moreira César com Mariz e Barros
Data: terça-feira, 12/08/2014
Horário: 18h
Ingresso: Gratuito

Bruce Lemos e Isaías Benedito, música
Local: Moreira César com Pereira da Silva
Data: terça-feira, 12/08/2014
Horário: 18h
Ingresso: Gratuito

Uma noite em 67, cinema
Local: Centro Cultural Paschoal Carlos Magno
Data: quinta-feira, 14/08/2014
Horário: 18h
Ingresso: Gratuito

Filtra, música
Local: Praça Getúlio Vargas
Data: sexta-feira, 15/08/2014
Horário: 18h30
Ingresso: Gratuito

Contação de histórias, infantil
Local: Praça João Saldanha, Santa Bárbara
Data: sábado, 16/08/2014
Horário: 11h
Ingresso: Gratuito

Clube de Boneco Seu Malaquias, música
Local: Pista de Patinação, Campo de São Bento
Data: domingo, 17/08/2014
Horário: 11h
Ingresso: Gratuito

Os charlatões mais sinceros do mundo, infantil
Local: Horto do Fonseca
Data; domingo, 17/08/2014
Horário: 11h
Ingresso: Gratuito

Luz, Câmera, Pichação, cinema
Local: Praça Irênio de Matos, no Engenho do Mato
Data: domingo, 17/08/2014
Horário: 18h
Ingresso: Gratuito

Folk Brasil, música
Local: Praça Irênio de Matos, no Engenho do Mato
Data; domingo, 17/08/2014
Horário: 20h
Ingresso: Gratuito