Categorias
NOVIDADES

CIDADE Procon Estadual descarta mais de 700kg de alimentos em Niterói

O Procon Estadual, ligado à Secretaria de Proteção e Defesa do Consumidor, realizou na última terça-feira (12/04), a Operação Chacrinha, com o objetivo de fiscalizar estabelecimentos na Região Oceânica e centro debNiterói. As fiscalizações foram feitas em quatro estabelecimentos a pedido do Ministério Público Estadual. Três locais foram autuados na cidade, onde foram descartados 762kg de alimentos impróprios para o consumo.

No Açougue Texas, localizado na Av. Visconde do Rio Branco, 225, os fiscais descartaram 409kg de carne impróprias para o consumo, que estavam expostas à poeira, insetos e sendo manipulados sem proteção. A câmara frigorífica estava com sujeira e poças d’água. A fiscalização determinou o prazo de 30 dias para a adequação do local. Além disso, os fiscais encontraram uma bandeja de frango à milanesa com data de validade adulterada, superior a fixada pelo fabricante. O estabelecimento também não tinha um Livro de Reclamações, como determina a Lei Estadual.

Ainda no Centro de Niterói, no Rei do Porco, localizado na Av. Visconde do Rio Branco, 249, foram descartadas 234kg de carne imprópria para o consumo, expostos à poeira e com manipulação direta do consumidor, e um pote de 170g de iogurte vencido. O estabelecimento também não possuía o Livro de Reclamações e os certificados de potabilidade de água e do Corpo de Bombeiros. A fiscalização deu um prazo para providenciar os documentos e melhorias na parte interna, com reparo de pisos e colocação de telas: o certificado de potabilidade deve ser apresentado em 48 horas, o do Corpo de Bombeiros em 15 dias e as melhorias precisam ser realizadas em até 30 dias. A câmara frigorífica do estabelecimento foi interditada até que seja feito o reparo nos pisos e nos tendões enferrujados.

No Extra de Itaipu, Região Oceânica, localizado na Estrada Francisco da Cruz Nunes, 6501, foram descartados 110kg de bacalhau e 8kg de sardinha que estavam expostos à poeira e às moscas, com manipulação direta do consumidor.

Em Niterói não foram encontradas irregularidades no Mercado Intercontinental, localizado na Av. Visconde do Rio Branco, 175, Centro. A Operação recebeu o nome de Chacrinha em homenagem ao comunicador Abelardo Barbosa, que ganhou este apelido ao apresentar o programa “Rei Momo da Chacrinha” na Rádio Clube de Niterói. O programa tinha este nome porque a rádio se localizava em uma pequena chácara.