Categorias
NOVIDADES

CIDADE Niterói faturou R$ 86 milhões com a Copa, segundo pesquisa

Th1214426141niteroi02_largeNiterói recebeu 119.064 visitantes durante a Copa do Mundo. O impacto econômico na cidade foi de R$ 86.897.167. Os números foram levantados por uma pesquisa realizada pelo Observatório de Turismo da Universidade Federal Fluminense (UFF) em parceria com a Neltur (Niterói Empresa de Lazer e Turismo). Ao entrevistar 1.266 turistas, totalizando 638 questionários completos, foram conhecidos o perfil de quem decidiu conhecer a cidade e o impacto econômico proporcionado ao município no período de 13 de junho a 15 de julho.

O resultado da pesquisa foi apresentado no fim da última semana, em evento realizado no Caminho Niemeyer, que contou com as presenças do vice-prefeito Axel Grael, e do presidente da Neltur, Paulo Freitas.

Dos turistas entrevistados, que tinham média de idade de 35 anos,  51,4% eram brasileiros, e 48,6% estrangeiros, sendo que dos que vieram de foram 15% vieram eram do  Chile, e  10,4% dos Estados Unidos e Argentina. A maioria dos visitantes brasileiros vieram de São Paulo (24,2%), seguido por 12% do Rio de Janeiro e 10,7% de Minas Gerais.

Os turistas que ficaram  hospedados em hotéis gastaram em média R$ 441,36, os que estavam hospedados em casas de amigos, R$ 174,9, e os que alugaram imóveis R$ 213,4, totalizando um gasto médio de R$ 247,46.

Outro aspecto analisado na pesquisa foi a escolaridade, mostrando que o visitante que procura Niterói tem um padrão de exigência diferenciado, visto que 78,5% têm nível superior e 14,6% possuem nível médio. Outro dado destacado foi que 73,7% vieram à Niterói pela primeira vez, sendo que a maioria fez essa visita com grupo de familiares (34,6%) ou vieram com amigos (32,8%) ou último sozinho (19,6%). A motivação desses visitantes em conhecer a cidade também merece destaque: 58,6% vieram exclusivamente para lazer, 19,9%  visitaram parentes e amigos, seguido de outros motivos, como por exemplo, conhecer o Museu de Arte Contemporânea (MAC).

Dos visitantes que vieram à cidade para lazer, 41,6% apontaram como principal motivação o Caminho Niemeyer. Pontos turísticos como MAC, Parque Estadual da Serra da Tiririca, Igrejas Históricas, Complexo de Fortes e Fortaleza, Polos Gastronômicos, outros museus, Caminho Niemeyer e Praias Oceânicas foram reconhecidos em escala de 1 a 5, com o MAC recebendo nota 3,1, ficando à frente dos outros. A cidade recebeu nota 8,3, com 95,1% dos entrevistados recomendando- a como destino turístico e 95,1% dizendo que retornaria ao município.

Os resultados da pesquisa mostram que Niterói vem se consolidando como destino turístico. O vice-prefeito, Axel Grael, disse que a responsabilidade agora fica ainda maior, visto que grandes eventos estão programados para acontecerem, dando oportunidade para Niterói se firmar até mesmo como cidade referência também no turismo náutico.

“Tive a oportunidade de observar o quanto essa Copa do Mundo evidenciou o Rio de Janeiro para o mundo e, uma pesquisa como essa vem dar a justa dimensão das obras do Caminho Niemeyer, um dos principais pontos turísticos da cidade. É importante ter essa dimensão porque daqui a dois anos teremos as Olimpíadas, com a presença no Rio de atletas de vários países, além do Encontro com a África, ano que vem. Sendo o Rio de Janeiro a grande marca do Brasil internacionalmente, nós de Niterói temos que aproveitar  essa proximidade, utilizando essa perspectiva e argumento de que a paisagem do Rio vista de Niterói, fica ainda melhor, mostrando com orgulho as motivações de morar numa cidade como a nossa. Vejo ainda que o trabalho de divulgação com a folheteria da cidade funcionou plenamente, motivando o turista a vir pra cá”, afirmou.

O presidente da Neltur, Paulo Freitas,  agradeceu o acordo de cooperação existente entre os municípios de Niterói e Rio de Janeiro, que pemitiu o trabalho de divulgação da cidade nos Centros de Atendimento aos Turistas cariocas nos aeroportos, além de anunciar novas parcerias com cidades turísticas como Búzios, que também receberá folheteria de Niterói.

“Os totens colocados em Niterói ficarão por mais um ano e teremos oportunidade de divulgar nos aeroportos por mais dois meses. Os CATs foram munidos com folheteria e os estagiários bilíngues fizeram um trabalho muito bom, dando orientações precisas sobre a cidade. Essa divulgação atingiu um público-alvo dos mais variados, pois tivemos matérias em revistas importantes, como a Avianca, estamos no Guia Turístico do Rio, colocamos em funcionamento a Linha Niterói Turismo, fizemos sinalização viária trilíngue e ampliamos os pontos de atendimento ao turista, instalando CATs em locais estratégicos. Vamos dar continuidade a esse trabalho, nos preparando para os próximos grandes eventos”, disse.

Durante o evento, 80 estagiários de Turismo e Hotelaria que participaram do trabalho receberam certificados.

Fonte: Prefeitura de Niterói