Categorias
NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS MP pede climatização e aumento da frota em Niterói

Mais um verão chegou e a promessa de instalar ar-condicionado na frota de ônibus de Niterói ficou só no papel.

No últimondia 17, o Ministério Público estadual (MPRJ), por meio da Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Consumidor e do Contribuinte de Niterói, colocou o poder público e empresas privadas no mesmo barco: o município, os consórcios Transnit e Transoceânico e empresas consorciadas são todos réus em uma ação civil pública, que pede simplesmente que os termos do contrato de concessão sejam cumpridos.

Além do excesso de “quentões” nas ruas, investigações mostram que o número de veículos em serviço é menor do que o contratado. O MP pede que as tarifas sejam congeladas até que os consórcios estejam operando com o número total de veículos contratados e com, pelo menos, 90% da frota climatizada.

Caso contrário, a ação pede que seja cobrada uma multa de R$100 mil.