Categorias

EVENTOS Homenagem a grandes compositores franceses no concerto do Gaia Trio no Teatro da UFF

O nome Gaia, na mitologia grega, é a Mãe-Terra, elemento primordial e latente de uma potencialidade geradora incrível. O nome inspira o trio formado pelas renomadas instrumentistas brasileiras da nova geração Sofia Ceccato (flauta), Janaína Salles (violoncelo) e Erika Ribeiro (piano). As artistas do Gaia Trio celebram a música romântica e impressionista de grandes compositores franceses no dia 8 de maio, às 19h30, no Teatro da UFF. Os ingressos custam R$ 14 e R$ 7 (meia).

Dentre os homenageados, Claude Debussy, compositor cuja morte faz 100 anos em 2018. O programa conta ainda com a presença feminina do repertório da compositora Cecile Chaminade (1857-1944), e com peças de Philippe Gaubert, Saint-Saëns e Fauré. Em solos, duos e trios, flauta, piano e violoncelo dialogam com a performance da bailarina clássica Liana Vasconcelos, que adiciona a poesia do movimento à estética da música de câmara.

Sobre Cécile Chaminade (1857-1944)
Nascida em Paris, Chaminade compunha desde cedo, e quando tinha oito anos, apresentou parte de suas músicas para Georges Bizet, amigo da família, que ficou muito impressionado com seu talento. Ela deu seu primeiro concerto profissional aos dezoito anos e, desde então, seu trabalho como compositora ganhou espaço. Escreveu principalmente peças para piano e canções de salão, que eram muito populares. Realizou várias turnês pela França, Inglaterra e Estados Unidos, onde fez gravações para gramofone e pianola.

Chaminade conseguiu publicar, em vida, a maior parte de suas composições, o que também lhe rendeu sucesso financeiro. O compositor Ambroise Thomas disse a respeito dela: “Esta não é uma mulher que compõe, mas um compositor que é uma mulher”. Era admirada pela rainha britânica Victoria, a quem muitas vezes se apresentou no Castelo de Windsor.

Relegada ao esquecimento durante as últimas décadas de sua vida, suas canções e peças para piano ficaram praticamente ocultas por muito tempo, inclusive sua obra mais popular, o Concertino para Flauta em ré maior, Op. 107, composto para o Concurso de Flauta do Conservatório de Paris, em 1902, que fará parte deste concerto do Gaia Trio.

GAIA TRIO:
Sofia Ceccato (flauta);
Janaína Salles (violoncelo);
Erika Ribeiro (piano);

Participação: Liana Vasconcelos (bailarina)

Programa

  1. Gaubert (1879-1841) – Piéce Romantique para flauta, violoncelo e piano
  2. Chaminade (1857-1944) – Concertino op. 107 para flauta
  3. Saint-Saens (1835-1921) – O Cisne – de “O Carnaval dos Animais” (para violoncelo e piano). Participação Liana Vasconcelos, coreografia M. Fokine.
  4. Debussy (1862-1918) – L’Isle Joyeuse (piano solo)
  5. Fauré (1845-1924) – Sicilienne op. 58 (para violoncelo e piano)
  6. Debussy – Syrinx (1913) flauta solo. Participação Liana Vasconcelos, coreografia Liana Vasconcelos
  7. Debussy (1862-1918) – Deux Arabesques (piano solo)
  8. Gaubert – Trois Aquarelles (1915) para flauta, violoncelo e piano

Par un clair matin – Soir d´automne – Sérénade. Participação Liana Vasconcelos, coreografia Liana Vasconcelos