Categorias
NOVIDADES

CIDADE Forte chuva causa transtornos em várias regiões de Niterói

20151214040259-2Várias ruas e avenidas da cidade ficaram sem energia elétrica durante parte da noite do último domingo e boa parte da manhã desta segunda-feira, após uma forte chuva atingir a região metropolitana do Estado do Rio de Janeiro. De acordo com relatos em grupos e páginas de redes sociais, árvores caídas também geraram grande transtorno para os moradores de Niterói e vários veículos estacionados em vias do município ficaram danificados.

Em Icaraí, na Zona Sul da cidade, o telhado de um clínica de estética foi arrancado, porém, ninguém ficou ferido. Um dos bairros com maior número de danos foi São Francisco, também na Zona Sul. Duas árvores caíram fechando a rua Tapuias, que dá acesso à praia. Ruas do bairro também foram tomadas pela água, impossibilitando a passagem de carros. Houve registro de granizo na Região Oceânica e ruas da Zona Norte também ficaram alagadas

“Estamos desde a noite de ontem sem energia e até agora, 9h30 da manhã de segunda, ela ainda não retornou”, relata a aposentada e moradora da rua Goitacazes, em São Francisco, Beth Oliveira.

De acordo com a Prefeitura de Niterói, equipes da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser) já estão nas ruas realizando a remoção das árvores e galhos. Já a Ampla informou que as fortes20151214040258-2 chuvas e rajadas de vento causaram o desarme dos alimentadores de energia elétrica e isso afetou o fornecimento de luz em algumas localidades de Niterói. Técnicos da distribuidora já estão trabalhando para restabelecer o serviço.

Previsão do tempo

A chuva ainda pode aparecer na região nos próximos dias. De acordo com informações do Climatempo,  é possível que haja pancadas de chuva a qualquer hora do dia e da noite nesta segunda-feira, registrando máxima de 32 e mínima de 22 graus. Já na terça e na quarta-feira, a chuva só deve atingir o município no fim da tarde e ou à noite, com temperatura variando de 34 e 23 graus. Na quinta-feira o tempo deve começar a se firmar e o calor aumentar, com máxima de 35 e mínima de 25 graus.