Categorias
NOVIDADES

Eleições 2012 – Felipe Peixoto ou Rodrigo Neves?

Finalmente chegou a hora de conhecermos o novo prefeito de Niterói. Neste domingo, os candidatos Rodrigo Neves (PT) e Felipe Peixoto (PDT) se enfrentam pelo segundo turno das eleições, em uma disputa que promete ser decidida nos últimos votos. Líder na primeira votação, com 39,58% (104.214 votos), Rodrigo, aparentemente, saí na frente, no entanto, Felipe, que teve 32,88% (86.562 votos), do eleitorado, conta com os votos destinados a outros candidatos, nulos e indecisos, para tentar reverter a situação.

Desde a definição dos dois candidatos no segundo turno, Rodrigo e Felipe passaram a trocar farpas e acusações em suas campanhas eleitorais. Em um dos episódios, o candidato do PT  entrou com uma representação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE)  pedindo a suspensão da propaganda eleitoral de Felipe, alegando propaganda enganosa em seu programa de TV. De acordo com a denúncia feita, dois atores contratados – eleitores de São Gonçalo e do Rio de Janeiro, respectivamente – se passaram por moradores de Niterói, fazendo críticas a Rodrigo Neves e declarando seus votos ao candidato do PDT.

Em contrapartida, em sua campanha, Felipe faz questão de dizer que Rodrigo Neves faz parte do partido ennvolvido no esquema do Mensalão, associando o nome do candidato ao do ex-ministro José Dirceu, condenado pelo Supremo Tribunal.

Apoios – Tanto Rodrigo Neves, quanto Felipe Peixoto, correram atrás de fortes apoios para suas campanhas neste segundo turno. Enquanto Rodrigo contou com a ajuda do ex-candidato Sérgio Zveiter (PDS), quarto colocado na primeira votação com 8,83% (23.247 votos), Felipe recebeu o apoio da tradicional família Freixo, dos pais do deputado estadual e candidato à prefeitura do Rio, Marcelo Freixo, de grande popularidade na cidade. O PSOL, partido de Marcelo Freixo, inclusive, foi a grande supresa do primeiro turno em Niterói, sendo o terceiro colocado entre os prefeitos, com Flávio Serafini, e colocando os dois vereadores mais votados da cidade, Paulo Eduardo Gomes e Renatinho.

– Perfis

Rodrigo Neves –
Nascido no Bairro do Fonseca, filho de professores, aos 34 anos, Rodrigo Neves iniciou muito cedo sua trajetória política nas pastorais sociais e em movimentos estudantis, como os “Caras-Pintadas”, em 1992. Formado em sociologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF), ele está ligado ao Partido dos Trabalhadores desde os 16 anos. Neste período, ele foi dirigente estadual e nacional da legenda. Em Niterói, o político foi o vereador reeleito mais votado da história da cidade, e candidatou-se a prefeito em 2008, perdendo para Jorge Roberto Silveira.

Com o apoio do governador do Rio, Sérgio Cabral, da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula, Rodrigo, antes de sua candidatura, ocupava o cargo de Secretário Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos.

Felipe Peixoto –  Já Felipe Peixoto, aos 35 anos, pode-se considerar um veterano no cenário político da cidade. Vereador mais votado da história do município, em 2008, com 8.206 votos, ele ocupou por três vezes o cargo na Câmara Municipal.

Administrador formado pela Universidade Federal Fluminense (UFF), bacharel em Direito pelo UniLasalle e pós-graduado em Direito Público pela Escola Superior de Advocacia/OAB, Felipe, antes da sua candidatura à prefeitura, ocupava cargo na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca do Rio de Janeiro.