Categorias

O QUE FAZER? Um trabalhinho para velhos palhaços

Um trabalhinho para velhos palhaçosData: Terças-feiras, 07, 14, 21 e 28 de outubro; 04, 11, 18, 25 de novembro.
Horário: 20h
Local: Solar do Jambeiro. Rua Presidente Domiciano, 195, Boa Viagem, Niterói-RJ 

Classificação: livre 
Duração: 60 minutos 
Lotação: 70 pessoas 
Entrada: Franca
Informações: (21) 2109-2222

O Solar do Jambeiro abre suas portas para a temporada do espetáculo “Um Trabalhinho para Velhos Palhaços”, do Coletivo Bichos de Teatro, em cartaz todas as terças-feiras de outubro e novembro de 2014, sempre às 20h. Uma vaga de emprego é disputada por três velhos amigos de profissão. Enquanto aguardam horário da entrevista, antigos relacionamentos são postos à prova pela necessidade comum: sobreviver.

Sinopse :

Um anúncio em um jornal avisa “Procura-se velhos palhaços”. Dispondo apenas desta informação, três candidatos dirigem-se ao local para descobrir, ao chegar, que são amigos e companheiros de ofício a longa data. Logo, a alegria do reencontro dá lugar à implacável realidade: se for apenas uma vaga disponível, qual dos três ficará com a mesma?

A peça é um drama existencialista do dramaturgo romeno Matéi Visniec, que vive e trabalha na França desde 1987, onde foi refugiado político. O texto aborda a dificuldade de convivência quando pessoas, mesmo que amigas a uma vida inteira, são posta em um ambiente de confinamento e, principalmente, em uma situação de competição pela própria sobrevivência. Utilizando uma temática supostamente lúdica, a peça aborda com cruel realismo até que ponto somos capazes de chegar para garantir os próprios interesses.

Apesar de não ser uma comédia, e sim um drama existencialista, os personagens são, surpreendentemente, palhaços. Esta escolha, que a princípio nos remete para o ambiente da comédia, é na verdade altamente simbólica, por desconstruir as expectativas da plateia, potencializando a situação dramática através da crise existencial em que os personagens se encontram. Personagens imersos na própria subjetividade são tirados do isolamento através do diálogo que fere.