Acesse nossas Mídias

Notícias

UFF anuncia resultado do concurso de ideias para revitalização do Cinema Icaraí

prancha-sumula-colocado-1Após três dias de reuniões, a Comissão Julgadora da Universidade Federal Fluminense (UFF), anunciou o resultado do concurso de ideias da instituição para recuperação e revitalização arquitetônica do prédio do Cinema Icaraí.

Na última sexta-feira, 08, os avaliadores elegeram como primeira colocada uma equipe formada por estudantes da UFF e da UFRJ, sob orientação da professora Rosina Trevisan Martins Ribeiro. A ideia vencedora foi elaborada pelos estudantes Bruno Amadei Machado, David Baptista Lima de Mendonça, Lívia Borges Romariz, Natália Asfora Moutinho e Raissa Macedo Gerheim. O grupo será contemplado com um prêmio de R$ 5 mil.

A ideia central desse plano é, preservando as características do local, tornar o prédio mais “flexiível”, fazendo com que o espaço tenha a capacidade de abrigar diversas funções. Os três andares do edifício seriam distribuídos da seguinte maneira:

1º Pavimento – Espaço “multiuso” com área para exposições, um café e uma livraria.
2º Pavimento – Área reservada para às empresas, com participações móveis e rearranjo conforme o perfil e número de ocupantes.
3º Pavimento – Um pátio aberto que receberá diversas atividades como: sessões de cinema, palco de ensaios e galerias de arte.

Inicialmente, foram habilitados ao concurso 11 propostas de intervenção, no entanto, na etapa de julgamento, apenas sete trabalhos foram entregues à comissão julgadora, formada por representantes da Superintendência de Arquitetura e Engenharia (Saen/UFF), do Centro de Artes (Ceart/UFF), do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RJ), do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac), da Secretaria Municipal de Cultura (SMC) da Prefeitura Municipal de Niterói e de representante da sociedade civil.

Base para  revitalização – A proposta vencedora do concurso de ideias vai balizar a formulação do termo de referência para contratação do projeto arquitetônico do edifício. O prédio que abrigou o Cinema Icaraí é tombado pela Prefeitura Municipal de Niterói e pelo Inepac e é uma das poucas construções no estilo art-déco ainda preservadas na cidade.

Para o reitor da UFF, Roberto Salles, o complexo cultural deve ser mantido por recursos próprios:

“A ideia é tornar o Cinema Icaraí autossustentável, para dar acesso multicultural à população, mantendo o preço baixo e, ao mesmo tempo, sem que a universidade precise aplicar seus recursos. A intenção é que o centro cultural também possa ser alugado para empresas que queiram fazer eventos, já que Niterói é carente de grandes espaços”, avaliou o reitor, que acredita que é cedo para falar em prazo de conclusão das obras, pois sua execução dependerá do apoio financeiro de parceiros públicos e privados.

Ele adianta que, para a realização da obra, já foi feito um plano de negócios, para ser apresentado ao Ministério da Educação, ao Ministério da Cultura, à Petrobras, e a outras empresas que tenham um viés social de investimento em cultura:

“Posso garantir que, seguindo a Lei de Licitações, vamos levar no mínimo seis meses antes de iniciar a obra”, afirmou. O reitor estima que a revitalização deva custar pelo menos R$ 45 milhões, o que, na sua avaliação, não é considerado um valor elevado para o porte da obra.

Continuar Lendo
Comentários

Mais Notícias

Topo