Categorias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Teste com ônibus no túnel Charitas-Cafubá foi realizado na última terça-feira

A travessia ocorreu na galeria Luís Antônio Pimentel (sentido Charitas) e, durante o percurso de 1,3 km, técnicos trabalhavam para finalizar a obra de mobilidade, que será entregue ainda esse ano.

Foi realizada na última terça-feira (27) às 15h, a primeira travessia de ônibus no túnel Charitas-Cafubá. A passagem ocorreu na pista do BHS (Bus with High Level of Service) da galeria Luís Antônio Pimentel (sentido Charitas) e não apresentou problemas. Durante o percurso de 1,3km, técnicos trabalhavam nos retoques finais da obra de mobilidade mais esperada da história de Niterói. De acordo com o cronograma, a previsão é que o novo túnel da cidade fique pronto ainda este ano, no dia 22 de novembro.

O vice-prefeito Axel Grael falou sobre a iniciativa que pretende reduzir o tempo de percurso da Região Oceânica para a zona sul da cidade. “Esse túnel é uma solução de mobilidade sincronizada com uma nova concepção de cidade, com ênfase no transporte coletivo. Com a Transoceânica, temos como meta reduzir em pelo menos 20% o número de deslocamentos por automóveis. Uma forma de dar conforto e velocidade ao sistema é reduzir ao máximo as conexões”, explicou o vice-prefeito Axel Grael, durante a visitação.

A implantação do túnel Charitas-Cafubá é aguardada pela população niteroiense desde a década de 40. A novidade contará com um sistema de ventilação e de monitoramento por câmeras, além de iluminação especial.

As duas galerias do túnel também contarão com ciclovias, que diminuirão o tempo entre a Zona Sul e a Região Oceânica, para os adeptos da bicicleta. O espaço será cercado por uma proteção feita com metal e vidro e possuirá ventilação própria.

O vice-prefeito também destacou a mudança ecológica que a nova obra traz.

“A concepção é a sustentável. Ao tirarmos carros da rua, reduzimos a emissão de gases do efeito estufa, além de amenizar os engarrafamentos. Temos uma rede de monitoramento de qualidade do ar que está sendo colocada ao longo de toda TransOceânica, um embrião que atenderá futuramente à cidade toda. Também estamos replantando mais de mil árvores na área de influência da TransOceânica”, concluiu Axel.

As duas galerias do túnel, Luís Antônio Pimentel e João Sampaio, terão duas faixas para veículos, uma para o BHS e uma ciclovia. A obra faz parte da TransOceânica, que possuirá mais de 9km de extensão, atendendo a 11 bairros da Região Oceânica e transportando cerca de 80 mil pessoas por dia.

A previsão é que os ônibus façam em 25 minutos o trajeto do Engenho do Mato até Charitas, passando por 13 estações e se integrando à estação de barcas de Charitas. Atualmente, o percurso é feito em mais de uma hora.

Leave a Comment

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>