Categorias
NOVIDADES

Niterói começa a receber sistema de sirenes e alertas para áreas de risco

sirenes-para-chuvas-fortes1A partir do próximo dia 15, Niterói  começará a utilizar o sistema de sirenes e alerta que apresentam áreas de risco na cidade. Primeiro município do Estado a utilizar o sistema de segurança, inicialmente, ele será implantado em 29 comunidades que mais sofrem com as chuvas.

O sistema de alerta e sirenes, e também pluviômetros, representam um investimento de aproximadamente R$ 3 milhões.  Segundo o prefeito Rodrigo Neves, o sistema evitará que novas tragédias com mortes ocorram no município, durante as épocas de fortes chuvas.

“Niterói viveu a maior tragédia de sua história e precisamos virar essa página triste que foi a tragédia do Bumba. Não temos medido esforços para dar respostas a essa questão, como a implantação do plano Chuvas de Verão, logo no início do ano, de uma projeto de defesa civil para Niterói integrando diversas áreas do governo municipal. Jázacumula_chuvas-1-AOk2 fizemos investimentos superiores a R$ 15 milhões no primeiro semestre em obras de contenção em áreas como Morro do Palácio, Bairro de Fátima, Grota do Surucucu, Capim Melado e Caramujo”, disse o prefeito, destacando ainda que o Governo Federal liberou R$ 23 milhões para obras de contenção, que devem ser iniciadas em outubro em comunidades como Holofote, Bonfim e Igrejinha.

“Os recursos que o município receberá do financiamento do BID também serão aplicados em contenção de encostas. Além disso, também implantamos a primeira estação meteorológica da cidade e, a partir de acordo com a Prefeitura do Rio, instalamos uma base de Niterói no Centro de Operação do Rio, que nos permite acionar o sistema de  Defesa Civil Municipal. Portanto,  todos os nossos esforços no primeiro semestre culminam hoje com essa parceria com a Defesa Civil do Estado para implantação do sistema de alerta e sirenes em nossa cidade”, afirmou.

Seminário – No próximo dia 19, será realizado o Seminário Municipal da Defesa Civil, no auditório da CDL (Câmara dos Diretores Lojistas), no Centro. O tema é “Construindo uma Niterói Resiliente”, cuja proposta é buscar e apresentar soluções para evitar novas tragédias com mortes na cidade e, como o prefeito diz, virar a página triste da história das chuvas de abril de 2010.