Categorias
NOVIDADES

EVENTOS William Shakespeare – Musica Antiga da UFF

21 de junho de 2016
Terça – 19h30
Teatro da UFF
Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí – Niterói/RJ
Ingressos: R$ 10 | R$ 5 (meia)
Classificação etária: Livre
Informações: 3674-7512 | a partir de 14h

William Shakespeare
A música em sua obra e seu tempo

William Shakespeare nasceu em 1564 e morreu em 1616. Em 2016, o ano em que se completam 400 anos de sua morte, Shakespeare está sendo comemorado em todo o mundo e também aqui com um programa dedicado à música inglesa do seu tempo e presente em sua obra.

O teatro de Shakespeare também é chamado teatro elisabetano pois floresceu no reinado de Elisabeth I, filha de Henrique VIII e Ana Bolena. Esse teatro era rico em músicas compostas pelos principais compositores da corte inglesa tais como William Byrd, Thomas Morley, Athony Holborne, entre outros. Dessas, algo em torno de 100 canções sobreviveram além de peças instrumentais. Embora complementar ao texto, a música pontuava os diálogos nos autos, contribuindo para o clima poético que o autor desejava criar. Podemos identificar algumas categorias da inserção musical na obra de Shakespeare tais como a “música cenográfica (funcional), para banquetes, procissões, serenatas, duelos e batalhas; a “música mágica” para o sono, o apaixonar-se, a cura milagrosa; a “música do personagem”, que define o caráter do personagem. Assim, através da música, Shakespeare criava suas atmosferas intangíveis e formava o clima emocional para a vingança, a suspeita, o perdão, o amor e o ódio presente nas tramas de seus autos. O programa que vamos apresentar um pouco dessa música, utilizada por Shakespeare em seu teatro e também a música de seu tempo no reinado de Elizabeth I.
-por Lenora Pinto Mendes

PROGRAMA

John Adson (1587- 1640)
Courtly Masquing Aires

John Dowland 1563-1626)
Can she excuse

Anthony Holborne (1545–1602)
The honie suckle
The night watch
Galiarda

William Cornish (1465–1523)
Ah Robin gentil Robin
Blow thy horn

William Byrd (1539–1623)
The leaves be green
O mistress mine

Thomas Morley (1557–1602)
It was a lover and his lass

Robert Jones (1577–1617)
Fairewell dear love

Anônimo (século XVII)
Greensleaves

Anthony Holborne (1545–1602)
Pavan

Hey ho Hollyday
The fairie round

Músicos:
Leandro Mendes
Lenora Pinto Mendes
Marcio Paes Selles
Mario Orlando
Virginia Van der Linden