Categorias
NOVIDADES

TEATRO Mostra Controvérsias no Teatro Eduardo Kraichete

Serviço:

Data: De 18 de setembro a 3 de outubro de 2015
Local: Espaço Cultural Ladeira das Artes (Alameda João Batista, 15, Icaraí-Niterói)
Ingressos: R$ 20 inteira | R$ 10 meia

Oficina Social de Teatro leva aos palcos a Mostra Controvérsias, com apresentação de seis peças no Teatro Eduardo Kraichete

Espetáculos farão o público pensar sobre questões sociais como preconceito e violência doméstica

A Oficina Social de Teatro vai mexer com a cabeça do público. De 5 de agosto a 30 de setembro, a OST apresentará a Mostra Controvérsias, que levará ao palco do teatro Eduardo Kraichete seis espetáculos teatrais, cada um com um tema que reflete problemas sociais vividos na atualidade. Os atores interpretarão situações referentes à violência doméstica contra a mulher e ao mais diversos tipos de preconceito, entre outras questões.

Uma controvérsia é uma questão de opinião sobre os fatos sociais, a qual as partes envolvidas nessas discussões discordam ativamente em alguns pontos e, com isso, argumentam ou debatem.

“A controvérsia em questão, a que ser quer explorar, é a que se desenvolve a partir do ato de se relacionar. Ao entrar no teatro para assistir um espetáculo, por mais que não queira, o espectador trava um confronto de relações entre si e as personagens que se exporão em cena. Há a opinião da cena em destaque junto à opinião do espectador com relação ao que vê. No ato concreto de representar, no instante em que a cena se mostra aos olhos do espectador, esse último revela para si, de maneira silenciosa, sua própria opinião, e se reconhece e significa”, explica Jose Geraldo Demezio, diretor artístico e pedagógico da OST.

Os níveis de relação que serão travados entre a Oficina Social de Teatro e seus espectadores para que, a partir dessas relações, as críticas pautadas por esses últimos possam se manifestar, se darão em diferentes instâncias espaciais. Além das apresentações no teatro Eduardo Kraichete, duas das peças também serão exibidas no Espaço Cultural Ladeira das Artes, sede da Oficina Social de Teatro, em Icaraí. Também estão programadas algumas intervenções externas que acontecerão em forma de FlashMobs, em espaços livres da cidade.

“Todo o esforço para realização da mostra visa a ampliação do olhar humano sobre as questões sociais que o rodeiam, fazendo com que esse homem, ao lançar mão de seu olhar sobre obras artísticas, possa também lançar-se diante de um julgamento mais claro sobre o que com ele vem sendo feito”, afirma Jose Geraldo.

 

Os espetáculos da Mostra Controvérsias – Uma Mostra de Teatro sobre Questões Sociais

Precisamos falar de nós
5 de agosto de 2015 – 19h30
Classificação etária: Livre
Texto e direção: Amaury Lorenzo

Sinopse: Um tratado sobre o indivíduo e sua sociedade, que fornece à cena temas como infância, amor, pedofilia, religião, paixão, morte, preconceito, solidão. As questões humanas são abordadas de forma poética, numa proposta de teatro-dança.

Nora
12 de agosto de 2015 – 19h30
Classificação etária: Livre
Uma adaptação do Clássico “Casa de Bonecas”, de Henrik Ibsen
Direção: Amaury Lorenzo

Sinopse: Nora é a história de todas as mulheres heroínas de todos os tempos e que aguardam o milagre diário de serem reconhecidas e respeitadas. Após cometer um crime em segredo, para salvar seu marido, Nora espera, desesperadamente, que seja perdoada e compreendida. A discussão sobre o amor acima de tudo e suas consequências é o trunfo maior para Nora.

A quinta sala à esquerda
19 de agosto de 2015 – 19h30
Classificação etária: 18 anos
Texto: Ana Clara Branco, Glauston Pinheiro e Erika Ferreira
Concepção e direção: Erika Ferreira

Sinopse: Conta a história de um grupo de 10 pessoas que são raptadas e trancafiadas dentro de um lugar ermo. Cada um tem uma jaula bem pequena, onde recebem rações e bebidas direcionadas ao controle desses humanos. Ao decorrer da ação, essas pessoas são torturadas mentalmente e fisicamente. Um grupo de “soldados da paz anunciada” vai apresentando aos poucos o controle que eles têm da situação e o por que daquelas pessoas terem sido escolhidas.

Rania – Por todos nós
26 de agosto de 2015 – 19h30
Classificação etária: 12 anos
Texto e direção: Erika Ferreira

Sinopse: Conta a história de Rania, quarta filha do casal Omar e Nerida. O que tem de especial nessa história é o fato escondido pela mãe: a filha caçula nasceu num dia de lua sangrenta e todas as crianças que nascem nesse dia levam sangue para toda a família. A mãe resolve então mentir, dizendo que Rania nasceu algumas horas depois do desaparecimento da lua e tem ajuda da ama da família para guardar o segredo. O que acontece é que a mãe trata Rania diferente das outras irmãs (Najla, Zafira e Adoni) e a menina sente esse desprezo ao mesmo tempo que é maltratada pelas irmãs. Ao fazer 16 anos Rania tem que se casar com um escolhido da família, ela questiona esse procedimento mas acaba aceitando o destino desenhado por todos. Um grupo de ciganos chega à cidade e Rania se apaixona por um deles, vivendo várias peripécias até o final que ela escolhe.


3 vezes Shakespeare

09 de setembro de 2015 – 19h30
Classificação etária: 18 anos
Texto e direção: Aléssio Abdon

Sinopse: Entre os anos 1585 e 1592 existiu um homem que começou uma carreira bem-sucedida em Londres como ator, dramaturgo e proprietário da companhia de teatro Lord Chamberlain’s Men.  Essa história fala de William Shakespeare, que foi um homem atormentado por suas paixões e seus fantasmas. Ele viveu em um período onde o contexto histórico favorecia o desenvolvimento cultural e artístico, pois a Inglaterra vivia os tempos de ouro sob o reinado da rainha Elisabeth I. Esse homem de teatro viveu nesse período, conhecido como teatro elisabetano, escreveu tragédias, dramas históricos e comédias que marcam até os dias de hoje o cenário teatral. Pois tratam de temas próprios dos seres humanos, independente do tempo histórico. Amor, relacionamentos afetivos, sentimentos, questões sociais, temas políticos e outros assuntos, relacionados à condição humana.

À margem
30 de setembro de 2015 – 19h30
Classificação etária: 14 anos
Texto e direção: Aléssio Abdon

Sinopse: Inspirada no universo do dramaturgo brasileiro Plínio Marcos, a peça faz um passeio por sua obra abordando temas como, solidão, intolerância e a decadência humana. Seres humanos esquecidos e completamente marginalizados pelo o resto da sociedade. Homossexuais, prostitutas, cafetões, moradores de rua, que geralmente são odiados e excluídos. Mas o fato é que somos todos seres humanos. É a história e o grito dos esquecidos.

Serviço:
O Teatro Eduardo Kraichete Avenida Roberto Silveira 123, Icaraí.
Ingressos: R$ 40 inteira | R$ 20 meia

 

Mostra Paralela no Espaço Cultural Ladeira das Artes
A quinta sala à esquerda
Temporada: 18, 25 de setembro e 2 de outubro de 2015 – 19h30
Classificação etária: 18 anos
Texto: Ana Clara Branco, Glauston Pinheiro e Erika Ferreira
Concepção e direção: Erika Ferreira

Rania – Por todos nós
Temporada: 19, 26 de setembro e 3 de outubro de 2015 – 19h30
Classificação etária: 12 anos
Texto e direção: Erika Ferreira