Acesse nossas Mídias

Cidade

Ministério das Cidades libera R$10 milhões para obras em Niterói

Compartilhe

obras-roO Ministério das Cidades aprovou um financiamento de R$ 10 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Pavimentação para Niterói, recursos que serão utilizados na implantação do sistema de drenagem e pavimentação da Fazendinha, na Região Oceânica, e de Pendotiba. O anúncio foi feito durante um encontro entre o prefeito de Niterói e o ministro das Cidades, Gilberto Occhi, em Brasília, na última terça-feira, 06.

Gilberto Occhi enalteceu a parceria entre o governo federal e o município de Niterói e reforçou o discurso da presidente da República, Dilma Rousseff:

“Recentemente a presidenta Dilma falou da importância da integração do governo federal com municípios e aqui vivenciamos esse exemplo por meio do Ministério das Cidades e a prefeitura de Niterói. Prova disso são os investimentos, as parcerias que estamos fazendo, como financiamento com recursos do Orçamento Geral da União, para que possamos melhorar não só a mobilidade de Niterói mas também investir em drenagem, pavimentação. Além disso, há o programa Minha Casa Minha Vida, apoiando a cidade e investimentos de contenção de encostas. Essa parceria é fundamental para o sucesso e isso o governo federal e a prefeitura de Niterói começaram desde o primeiro dia da posse do prefeito.”, disse.

Nos últimos 16 meses, a prefeitura captou financiamentos ou recursos do Orçamento Geral da União (OGU) do Ministério das Cidades que, somados aos RF$ 10 milhões anunciados pelo ministro Occhi, chegam à casa dos R$ 370 milhões. Entre os investimentos, já garantidos estão os R$ 292 milhões para a TransOceânica, R$ 23 milhões do PAC das Encostas, e recursos para urbanização de comunidades como Morro da Cocada, Grota do Surucucu, Capim Melado, Vila Ipiranga, entre outros.

Projeto ambiental –  Durante a reunião, Gilberto Occhi adiantou que o lançamento do PAC Mobilidade Urbana 2 poderá servir para a elaboração de projetos dessa natureza na cidade. Rodrigo Neves acertou que vai buscar os recursos que possibilitem a execução dos estudos de viabilidade do VLT ligando Charitas ao Centro da cidade.

“Esse projeto é de médio e longo prazo, mas é fundamental a estruturação desse estudo de viabilidade e o seu consequente planejamento”, explicou o prefeito.


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Cidade

Topo
Abrir chat
Precisa de ajuda?