Categorias
NOVIDADES

POLICIA Em viagem à Brasília, Rodrigo Neves pede reforço na segurança de Niterói

ministro-justicaO prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, foi a Brasília na última segunda-feira, 14, para pedir reforço na segurança da cidade e recursos para projetos estruturantes e ambientais no município.  O chefe do Executivo municipal reuniu-se com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e a secretária nacional de Segurança, Regina Mikki, levando em pauta, temas como a violência no Leste Fluminense, em especial, Niterói, e a possível participação da Força Nacional de Segurança no município.

Na audiência com Cardozo e Regina, o prefeito fez um relato da situação e enfatizou a necessidade de os governos federal e estadual desenvolverem ações e planos específicos para a região, com prioridade para Niterói. Rodrigo falou sobre a utilização da força nacional de segurança pública com o governo do estado. O ministro informou que a decisão cabe à secretaria estadual de segurança, mas que o assunto será debatido entre a Secretaria Nacional de Segurança com o governo do estado.

“A nova gestão da prefeitura entende que a atribuição constitucional da segurança é dever do estado, mas os municípios também devem fazer a parte deles, cooperando e cobrando ações. E é o que estamos fazendo em Niterói com a reforma de delegacias, construção das bases das companhias destacadas da Polícia Militar, elaboramos o projeto do CISP, implementamos o projeto Patrulha Escolar. E vamos continuar colaborando e cobrando para que Niterói possa enfrentar os problemas da violência urbana que são, hoje, os principais problemas da Região Metropolitana do Rio e sobretudo de Niterói.”

No mesmo encontro, o ministro aprovou o empenho e a liberação de recursos para a construção do Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) propostos por emenda do deputado federal Sérgio Zveiter. O objetivo é realizar a licitação do centro de segurança em maio e contratar a obra no mesmo mês.  O prefeito esclareceu que o CISP é um projeto desenvolvido pela prefeitura integrando forças de segurança municipal, estaduais e federal, que será responsável pelo monitoramento  das entradas e bairros da cidade com sistema de acionamento dessas forças de segurança para combater a criminalidade.

Rodrigo Neves também conversou com o ministro sobre a liberação, por parte do Minitsério da Justiça e do Exército, da  compra de armamento não letal (armas tasers) para a equipar toda a guarda municipal niteroiense, já com previsão do aumento do efetivo dos atuais 350 homens para 700 agentes, após concurso já anunciado pela municipalidade.

“A compra desse equipamento precisa ser autorizada pelo ministério da Justiça e o Exército e esse equipamento será muito útil no enfrentamento a pequenos delitos que ocorrem no município.”

Após deixar o Ministério da Justiça, o chefe do Executivo municipal seguiu para a sede do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) no Brasil. Lá, ele se encontrou com o presidente regional da instituição, Victor Rico Frontaura, a quem entregou uma carta-consulta para que Niterói possa dar início ao processo de contratação de um financiamento de US$ 100 milhões a serem investidos em projetos de infraestrutura urbana e recuperação ambiental.

“Foi um encontro promissor. Entregamos essa carta consulta, que é o primeiro passo para obter o financiamento. A proposta da prefeitura é viabilizar os estudos do projeto executivo de um VLT ligando Charitas ao Centro de Niterói, integrado à proposta da TransOceânica e o túnel Charitas-Cafubá. Uma parte desses recursos seria utilizada na elaboração desse projeto executivo, e outra para programas de macrodrenagem, drenagem e infraestrutura urbana na Região Oceânica e, por fim, projetos de recuperação ambiental e social nos sistemas lagunares de Niterói em parceria com o estado.”

Para Victor Frontaura, o primeiro passo foi dado. “O primeiro passo concreto foi dado e esperamos poder ajudar Niterói. Isso é resultado de uma visita que fizemos à cidade onde acordamos a possibilidade de ajudar no desenvolvimento de Niterói. Esperamos fazer uma missão na cidade em breve”.