fbpx
Acesse nossas Mídias

Notícias

Unidades de Saúde da cidade ainda vacinam contra o H1N1 com pedido médico

Compartilhe

As pessoas que fazem parte do grupo de risco (crianças, diabéticos, idosos, gestantes, obesos e indígenas), e que não foram vacinadas durante a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, no mês passado, e que vêm sendo atendidas na rede de saúde de Niterói, poderão ser imunizadas. A decisão é da Coordenação de Vigilância em Saúde (Covig), da Fundação Municipal de Saúde (FMS), e poderá ocorrer somente nos casos em que os médicos, que atendam a esses pacientes, recomendarem a profilaxia. A vacinação irá ocorrer enquanto houver material em estoque nas unidades municipais de saúde.

A secretária municipal de Saúde, Gisela Motta de Miranda, intensificou as ações de prevenção, mobilizou profissionais e pede a colaboração da população, no sentido de evitar à proliferação do vírus da gripe Influenza A na cidade, uma vez que a doença já fez algumas vítimas no País este ano. Em Niterói, nenhum caso da doença foi registrado esse ano. A campanha nacional, no município, alcançou uma cobertura em torno de 74% de todo público alvo, com 77.203 pessoas vacinadas.

A cobertura vacinal em crianças alcançou um índice em torno de 70% do público alvo, onde 6.290 menores foram vacinados; idosos (incluindo os profissionais de saúde e os indígenas): 57.595, em torno de 69%; gestantes: 2.466, 55%; indígenas: 44 vacinados, cerca de 100% e os trabalhadores da saúde: 10.814 foram imunizados, 100% ao todo.


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Notícias

Topo
Precisa de ajuda?