Categorias
NOVIDADES

NOTÍCIAS Precariedades em Escolas Municipais de Niterói ​

Pais de alunos denunciam problemas em diversas unidades de educação da Prefeitura.

Comissão de Educação da Câmara dos Vereadores recebeu reclamações de responsáveis sobre falta de infraestrutura, e inspeção constatou falhas no sistema de climatização e inadequação da rede elétrica. Pais e responsáveis de alunos dizem que temem pela segurança e a qualidade de vida dos seus filhos no ambiente escolar de Niterói. As reclamações incluem falta de infraestrutura, de profissionais e de materiais.

Na Escola Municipal Levi Carneiro, no bairro do Sapê, a Comissão de Educação da Câmara realizou uma fiscalização e identificou falta de ar-condicionado nas salas de aula e instalações elétricas inadequadas.

Escola sucateada

Segundo denúncia da mãe de um aluno da Escola Municipal Paulo Freire, no Fonseca, que pede para não ser identificada, a escola está tem diversos problemas graves: o prédio, que tem cinco andares, não teria corrimão na escada nem inspetores nos andares, e o bebedouro não teria nem água gelada. “Falam para a gente levar água congelada de casa. Sem contar que não há professor substituto nem de apoio”, contou a responsável pelo aluno em sua denúncia.

Vereadores da comissão de educação disseram que há dezenas de denúncias, há muitos anos, inclusive de falta de uniformes. Segundo o vereador Bruno Lessa (PSDB), foi preciso uma cobrança oficial para que a prefeitura fizesse a entrega, apenas de camisas. “Quanto aos kits, os estudantes continuam sem notícias de quando vão recebê-los”, afirmou o vereador.

As queixas foram encaminhadas ao Ministério Público.