Acesse nossas Mídias

Notícias

Niterói reforça atendimento a mulheres vítimas de violência

Niterói reforça atendimento a mulheres vítimas de violência

Compartilhe

A Prefeitura de Niterói reforçou o combate à violência contra a mulher e o acolhimento das vítimas. Guardas municipais da Patrulha Escolar foram treinados pela Coordenadoria de Políticas e Direitos das Mulheres (Codim) e já colocaram em prática as orientações que receberam dando apoio a uma mulher que sofreu agressão por parte do companheiro e fazendo todo o acompanhamento necessário na delegacia especializada.

O objetivo do Treinamento Lilás é preparar agentes públicos para identificar e auxiliar mulheres em situação de violência, seja física ou psicológica. Quase 120 guardas municipais já foram treinados e a meta é ampliar cada vez mais o número de agentes capacitados.

A Coordenadora de Políticas e Direitos das Mulheres, Fernanda Sixel, ressaltou a importância do Treinamento Lilás e do conhecimento para o enfrentamento à violência.

“Levar conhecimento e formação sobre gênero e às diferentes formas de violências  é fundamental para a garantia de direitos e o enfrentamento à violência contra as mulheres. O Treinamento Lilás segue capacitando os servidores da prefeitura e as instituições da sociedade que buscam qualificar suas equipes. Todos os agentes de trânsito já receberam capacitação, assim como a Patrulha Escolar e parte da Guarda Municipal de Niterói. Vamos capacitar todos os guardas. Queremos que os nossos guardas fortaleçam a Rede de Enfrentamento à Violência para oferecerem um atendimento adequado e humanizado às vítimas de violência, gerando sensibilização e encaminhamento para a rede de proteção e atendimento da cidade“, explicou Fernanda.

O treinamento dos guardas municipais que trabalham na Patrulha Escolar já rendeu frutos: depois de serem acionados por populares, os agentes interromperam uma briga entre um homem e uma mulher no Centro de Niterói, atuaram e levaram o agressor para a delegacia especializada, acompanharam todo o registro de ocorrência e o processo de exame de corpo de delito. De imediato a Codim foi acionada e atendeu a mulher, de 23 anos que foi acolhida na Sala Lilás, que funciona no Posto Regional de Polícia Técnica Científica (PRPTC), uma parceria entre as Prefeituras de Niterói e Maricá, Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e Secretaria de Polícia Civil.

A vítima, que estava acompanhada de uma criança de 7 anos, foi recebida pela equipe da Codim que fez contato com familiares que foram buscá-las. O Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam) vai acompanhar o caso e encaminhar a vítima aos equipamentos de proteção necessários.

“A Guarda Municipal de Niterói tem um treinamento específico para várias situações, com mediação de conflitos e abordagens de acordo com o que a situação pede. Esse curso é muito importante para que os agentes atuem de uma forma diferenciada em casos de violência contra a mulher. Logo no dia seguinte ao Treinamento Lilás, nossos agentes já se depararam com uma situação delicada, e a capacitação com certeza fez a diferença”, explicou Macedo Sapucaia, coordenador da Patrulha Escolar.

O Treinamento Lilás tem como objetivo orientar os agentes sobre o tratamento humanizado às mulheres em situação de violência e sobre a Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher na cidade e os órgãos parceiros.


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Notícias

Topo
Abrir chat
Precisa de ajuda?