Acesse nossas Mídias
campanha combate coronavirus

Notícias

Jovem amputado tem vacina negada em Niterói: “Devem estar achando que escondi minha perna em casa só pra vacinar”

Compartilhe

Pedro Teixeira, que tem deficiência permanente por ser amputado e não ter uma das pernas, passou por constrangimento e frustração ao tentar se vacinar em Niterói.

“Me pediram o ludo médico. Devem estar achando que escondi minha perna em casa só para vacinar”. – disse na publicação na internet.

Apesar da cidade estar vacinando “pessoas com comorbidades e deficiências permanentes”, conforme ampla divulgação da Prefeitura de Niterói, ao chegar ao posto de vacinação, no Campo de São Bento, a situação se tornou constrangedora e trágica.

Publicação do denunciante no twitter

Pedro não teve a opção de se vacinar, porque segundo sua publicação no twitter, foi exigido o laudo médico para aplicação da vacina.

A publicação de Pedro viralizou na internet e causa grande revolta na população.

Comentários na internet reclama do constrangimento criado com o deficiente

Pedro Teixeira, 23 anos, teve a perna amputada depois de um acidente na Ponte Rio Niterói no dia 19 de fevereiro de 2020. Ao parar para trocar o pneu do seu carro, ele foi atropelado por um reboque. Teve que amputar a perna esquerda e quebrou a direita.

Segundo a Prefeitura divulgou, a vacinação do grupo de comorbidades ou deficiência permanente com 18 anos ou mais deveria ser concluída até 21 de maio.

QUAL A SUA OPINIÃO? Comente e compartilhe.


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Notícias

Topo