Categorias
NOVIDADES

O QUE FAZER? Espetáculo de teatro e dança faz temporada no Teatro Municipal de Niterói

Espetáculo de teatro e dança faz temporada no Teatro Municipal de Niterói2Datas: 31 de outubro (sexta-feira) e 1º de novembro (sábado)

2 de Novembro (domingo).

Horários: Sexta e sábado ás 20h, domingo ás 19h

Local: Teatro Municipal de Niterói – Rua XV de Novembro, 35, Centro.
Duração:  50 minutos
Ingresso:  R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Classificação: Livre 
Informações: (21) 2620-1624

 

Espetáculo de teatro e dança estreia no Teatro Municipal de Niterói

Sopro leva ao palco profissionais que integram o Núcleo de Pesquisa Corporal em Dança para Atores, da Escola Martins Pena

 
O que sente um homem ao ser tocado pela energia que habita o palco de um teatro? É essa pergunta que norteia Sopro – um espetáculo de teatro-dança, que faz curta temporada no Teatro Municipal de Niterói nos dias 31 de outubro e 1º e 2 de novembro. No palco, com direção geral do ator e bailarino niteroiense Roberto Lima, coreografias de Rodrigo Gondim e tendo como trilha sonora “As Quatro Estações”, de Vivaldi, estarão 15 intérpretes que integram o Núcleo de Pesquisa Corporal em Dança para Atores, todos com formação na Escola de Teatro Martins Pena.


Sopro 
dialoga sobre um homem comum que, sentado na plateia, e ao ser tocado pela energia que habita o teatro e o palco vazio, mergulha no universo do sensível e do imaginário, libertando os tantos personagens que ficaram ali pelo tempo e pelo espaço. Este homem estabelece uma quase relação com essas “sensações de personas”, que apesar de o fazerem sair do seu lugar comum, não realizam a ação de partilha, porque não atingem o lugar de ator. São personagens em busca de um ator e um homem comum em busca de um sentido, enquanto ambos permanecem em um jogo de sentimentos, de poder e de mistério.

O Núcleo de Pesquisa Corporal em Dança para Atores foi criado no ano 2000 com a proposta de oferecer uma formação continuada para os atores que concluíam o curso de teatro da Escola Martins Pena. O diretor Roberto Lima explica que o objetivo do Núcleo veio ao encontro da necessidade dos atores de continuar a estudar e a pesquisar mesmo após o fim do curso.

 
Sopro é o sexto espetáculo do Núcleo, que tem em sua trajetória diversas temporadas em teatros e centros culturais do Rio de Janeiro, além de já ter se apresentado em cidades do interior do Estado do Rio e de outros estados.