Acesse nossas Mídias

Notícias

Castramóvel percorrerá os bairros de Niterói a partir de outubro

Compartilhe

Divulgação: Ascom Niterói

O Castramóvel do Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos (CCPAD), de Niterói, tem data para começar a atender. A partir de 7 de outubro, famílias de baixa renda da cidade poderão realizar a castração dos seus animais de estimação de forma gratuita.

Para adquirir o serviço é necessário realizar uma inscrição. Segundo o coordenador de Proteção Animal da Prefeitura de Niterói, Marcelo Pereira, é necessário se inscrever na Associação de Moradores do bairro ou na Secretaria Regional. Os interessados devem apresentar identidade, CPF e comprovante de residência daquele bairro onde estará acontecendo a ação, no nome do tutor do animal. Também será realizada uma triagem identificando as pessoas que mais necessitam do serviço. A expectativa é atender cem animais, em média, por semana.

“A defesa dos animais é uma das prioridades em nosso mandato. Já temos muitos cães e gatos abandonados, e infelizmente, os casos de maus tratos aumentam a cada dia. A castração, e a educação da sociedade, são os caminhos para termos menos animais abandonados, diminuindo os casos de zoonoses e gerando mais qualidade de vida, tanto para os animais, quanto para as pessoas,” afirmou o vereador de Niterói, Leandro Portugal, dono do Projeto de Lei do castramóvel.

Foto: Divulgação/Douglas Macedo

O veículo conta com salas de preparação, de cirurgia e pós-cirurgia. A equipe é formada por quatro veterinários, um anestesista e técnicos. O caminhão permanecerá em cada bairro por 15 dias e segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade foi realizado um mapeamento das castrações realizadas em cada bairro da cidade e usou os dados para preparar a programação do veículo.

O primeiro bairro a receber o Castramóvel será o Caramujo, no dia 7 de outubro. Em seguida, o Engenho do Mato. Os atendimentos serão realizados de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. O projeto conta com a parceria da Faculdade de Veterinária da UFF (Universidade Federal Fluminense).

Para o animal participar do projeto é preciso ter mais de quatro meses e menos do que seis anos, ter menos de 20 quilos, não ser obeso ou extremamente magro, não ser braquiocefálico (cães das raças Pug, Buldogue, Shitzu, Boxer). Também não será realizada castração em gatos persas ou de raças exóticas.

Fonte: A Seguir: Niterói


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Notícias

Topo