fbpx
Acesse nossas Mídias

Notícias

Tenente da PM é condenado por assassinato de jovens em Pendotiba

Compartilhe

O tenente da Polícia Militar, Ricardo Araújo Delgado, foi condenado a 11 anos e oito meses de prisão pela morte dos estudantes Filipe Mariano Pereira Brito, de 15 anos, e João Gabriel de Matos Lemos, 16. Os jovens foram assassinados a tiros de fuzil quando saíam de um pagode, em Pendotiba, Niterói, em março de 2009. Os outros dois PMs acusados de forjar o auto de resistência – o aspirante Breno César Andrade de Pereira e o cabo Ronaldo Oliveira Lemos – foram absolvidos. A sentença foi proferida, na madrugada de hoje, pelo juiz Peterson Barroso Simão, titular da 3ª Vara Criminal de Niterói.

De acordo com o Ministério Público, os PMs, na época lotados no 12º BPM (Niterói), realizavam patrulhamento de rotina em Pendotiba, quando passaram a perseguir os estudantes, que trafegavam em uma motocicleta pela Estrada Francisco da Cruz Nunes. Os jovens fugiram da abordagem e acabaram atingidos pelos tiros, disparados pelo oficial. Na época, os policiais alegaram que as vítimas estavam armadas e apresentaram um revólver calibre 38 para justificar um confronto, que, de acordo com testemunhas, não ocorreu.

Fonte: O Globo

 

 


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Notícias

Topo
Abrir chat
Precisa de ajuda?