Categorias
NOVIDADES

TEATRO Teatro Municipal celebra Beatles com espetáculo “As Aventuras Instrumentais no Submarino Amarelo”

1626_flyerServiço

As Aventuras Instrumentais no Submarino Amarelo
Data: Quinta-feira, 03 de setembro de 2015
Horário: 19h
Ingressos: R$ 20 | Meia-entrada: R$ 10
Duração: 80 min
Classificação etária: livre

Teatro Municipal de Niterói
Rua XV de Novembro, 35, Centro, Niterói-RJ
Tel: (21) 2620-1624

O Projeto “As Aventuras Instrumentais no Submarino Amarelo” vai navegar pelo palco do Teatro Municipal de Niterói no mês de setembro. Na quinta, dia 03, às 19h, o trio apresenta clássicos dos Beatles com arranjos autorais, para deleite dos amantes e admiradores dos rapazes de Liverpool, e para aqueles que apreciam uma boa execução instrumental. O show conta com uma participação especial do Coral Cênico EmbandoCanto. Os ingressos custam R$ 20 reais.

As Aventuras Instrumentais no Submarino Amarelo é um trio instrumental formado por Alexandre Guichard, no violão, Ivo Ricardo, no baixo, e Helio Ratis, na bateria. Os três músicos moradores de Teresópolis se uniram há quatro meses para agregar suas experiências individuais a esse projeto e elaborar arranjos inovadores, inesperados e arrojados.

Com um formato enxuto e versátil, o grupo apresenta os clássicos dos Beatles em versões e fusões contemporâneas, empregando brasilidades, como samba, maracatu, frevo e ciranda, e personalidades musicais às versões originais. “Eleonor Rigby”, “Hey Jude”, “Ticket to Ride”, “Yesterday”, entre outras canções, fazem parte do repertório que valoriza a harmonia e inova de forma surpreendente. O trio já se apresentou em locais como a Casa de Cultura Adolpho Bloch, Sala Baden Powell e Sesc Teresópolis.

Alexandre Guichard

Guichard é mentor dessa proposta de visita multicultural à obra dos Beatles. O violonista já atuou como professor de Música e também tocou com cantores de variados ritmos e estilos. Participou da gravação de mais de 30 CDs como músico e/ou produtor e, em mais de 30 anos de profissão, tocou com nomes como Luis Melodia, Lobão, Fátima Guedes e Rogério Skylab, além de fazer arranjos para uma pluralidade de artistas. Como violonista, é um músico intuitivo. O rock e a música brasileira são suas grandes referências.

Helio Ratis

Há 15 anos na estrada, o baterista e compositor também atua como professor de Música em diversas instituições. Como instrumentista, tocou com diversos artistas, como Dora Vergueiro, Laura Rizzoto e Cristiano Crochemore, Décio Rocha e os Mangabrothers. No teatro, tocou na comédia-rock “Jacinta”, de Newton Moreno, com Andréa Beltrão e um grande elenco, que ficou em cartaz por uma grande temporada no Teatro Poeira, no Rio de Janeiro, e no Sesc Vila Mariana, em São Paulo.

Ivo Ricardo

Músico desde os anos 80, quando liderou a banda Água Brava, e com ela subiu em palcos como os do Canecão, Circo Voador, Parque Lage, Noites Cariocas e Mistura Fina, o baixista participou, em 1991, do Rock in Rio II, no Maracanã, acompanhando Serguei, uma lendária figura do rock. Em 1998, passou a integrar o Funk’n LATA . Como baixista da banda, participou da gravação de dois de seus CDs e se apresentou em inúmeros eventos, como o Réveillon de Copacabana, e em lugares fora do Brasil, como Paris, Villefranche de la Ruergue, Toulouse, Amsterdam e Berlim.