Categorias
NOVIDADES

Será que Bernard ainda tem futuro no Everton?

foto: Betfair.com/br

Você pode imaginar a decepção de Bernard quando foi anunciado que James Rodríguez viria do Real Madrid para o Everton. O brasileiro havia começado a se firmar em Merseyside recentemente e, embora tenha passado por muitas dificuldades quando chegou ao Everton, o ex-jogador do Shakhtar Donetsk estava começando a ganhar a torcida do Goodison Park.

A chegada de James significa que Bernard caiu de alguma forma na hierarquia. É provável que um jogador com a reputação e a estatura do colombiano sempre tenha preferência quando o técnico Carlo Ancelotti selecionar sua equipe, e então Bernard pode ficar na reserva nesta temporada.

É justo dizer que o atacante ainda não deixou sua marca na Premier League. Ele mostrou vislumbres de seu indiscutível talento desde que se juntou ao Everton em 2018, mas quatro gols é um baixo desempenho para um jogador que prometeu tanto quando chegou. Agora, parece que, com as transferências mais recentes pelo Everton, o deixou um de lado.

É difícil culpar Ancelotti por deixar Bernard de fora quando você considera as opções que ele tem no futuro. Afinal, James é um renomado jogador de futebol europeu de um talento excepcional, que, talvez o mais importante, tem a capacidade de produzir momentos mágicos do nada. Richarlison é um jovem atacante que amadurece a cada semana e tem cada vez mais consistência nas partidas.

Além disso, há Dominic Calvert-Lewin, que depois de lutar na última parte da temporada 2019-20, parece um novo homem na atual campanha, tendo marcado gols importantes pelo Everton já nesta temporada, ajudando-o a se tornar mais favorito para aqueles que fazem previsões na casa de aposta.

A única opção de Bernard é baixar a cabeça e trabalhar muito por uma vaga na equipe. Com uma temporada tão intensa pela frente, certamente haverá oportunidades para os jogadores menos utilizados terem um impacto na Premier League. Existem também vários campeonatos de taças, nas quais Bernard estará envolvido, que dão a oportunidade de desfrutar de um futebol na equipe titular, embora nem sempre contra a mais alta qualidade de adversários.

No seu auge, é um jogador emocionante de se assistir, driblador e sempre ansioso para enfrentar um zagueiro para tentar criar uma chance. Um total de 14 partidas pela Seleção Brasileira mostra que ele já foi muito bem avaliado em seu país, e ele ainda possui esse tipo de qualidade. Ele parecia florescer sob o comando de Ancelotti no final da última temporada, mas é claro que o italiano acha que o Everton pode ser ainda melhor no ataque, e isso fez com que Bernard fosse jogado para a reserva.

Uma dúvida que sempre pairou sobre Bernard é que ele não tem a força e o físico necessários para ter sucesso na Premier League. Com 1,65 m de altura, ele é uma figura diminuta e parecia ter dificuldade com as demandas da primeira divisão da Inglaterra quando ele chegou. No entanto, ele é um jogador com imensa determinação, que não tem medo de atacar e irritar os adversários. Ele terá que lutar mais do que nunca agora para ganhar seu lugar no time titular do Everton.