Categorias

Prefeitura recebe verba federal para contenção de encostas

942107_519809848073186_1363898113_nA Prefeitura de Niterói e a Caixa Econômica Federal (CEF) assinaram a liberação de R$ 24 milhões do Governo Federal para a contenção de encostas da cidade. Os recursos, referentes ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II), serão investidos em 14 frentes de trabalho nos morros do Holofote e Bonfim, dos bairros do Fonseca e Caramujo, respectivamente.

A primeira área a receber intervenções será a Rua do Buraco Quente, no Morro do Holofote. A previsão é de que as obras de contenção comecem ainda no segundo semestre deste ano. Dentre as ações previstas nas três localidades estão: a colocação de telas de alta resistência para evitar deslizamentos; a construção de muros de contenção e a melhoria na drenagem da água das chuvas. O prazo para conclusão de todas as obras é de 16 meses, a partir do resultado do processo de licitação.

“Este projeto vai contribuir para evitar que Niterói perca mais vidas em tragédias como a de 2010. Até o fim do ano, todas as áreas de extremo risco da cidade passarão por ações de contenção de encostas”, garantiu o prefeito Rodrigo Neves.

Obras – Nessa última segunda-feira, 08, na Estrada Celso Peçanha (Estrada da Garganta), no Largo da Batalha, foram construídos três muros de contenção, chamados de “cortinas atirantadas” (uma com 26 metros e duas com sete metros), além da reconstrução da calçada. O prazo para a conclusão da obra é de quatro meses.

foto7No buraco existente em frente ao cemitério Parque da Colina, no bairro Cantagalo, será feita uma galeria em concreto armado de cinco metros de largura, com seis metros de altura prevista para ser concluída em três meses.

Ainda foi iniciada no túnel Raul Veiga (que liga os bairros de São Francisco e Icaraí), uma análise em GPR (Ground Penetrating Radar) ou Georadar, da abóboda do túnel, com o objetivo de estudar as condições de sua estrutura, assim como identificar a presença de infiltrações ou interferências que possam comprometê-la.

No túnel Roberto Silveira (de sentido inverso), já foi concluído o mesmo estudo e nada de anormal foi encontrado.  Apenas alguns reparos de manutenção foram necessários. O prazo para término deste estudo é de dois meses.

 

Leave a Comment

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>