Categorias
NOVIDADES

POLÍCIA PM oferece R$ 1 mil para achar bandidos que balearam seu filho

violencia_niteroiApós ser mais uma vítima da onda de violência que aflige Niterói, o subtenente da Polícia Militar, Ricardo Garcia, utilizou das redes sociais uma forma de desabafar e oferecer uma recompensa de R$ 1 mil para quem der informações sobre os dois ladrões que balearam seu filho, após uma tentativa de assalto, na na noite do último domingo, 27, no bairro da Riodades, próximo ao Fonseca.

Em seu post intitulado “Fui assaltado e meu filho baleado” Ricardo diz: “A minha família está bem depois do susto. Porém, o meu ódio é cada vez maior. Niterói está tomada por bandidos, ou melhor, o nosso Estado. Eu estou oferecendo uma recompensa de R$ 1000,00 (mil reais) para quem der qualquer informação que leve a prisão deles. Infelizmente não tenho condições financeiras de dar mais”, diz.

Segundo a polícia, Ricardo Garcia estava em seu veículo, com seu filho e esposa, quando foi rendido por um bandido que anunciou o roubo do veículo. Um comparsa dele apareceu logo em seguida. O ex-relações públicas do 12ºBPM (Niterói) se afastou do carro para evitar ser revistado e identificado como PM.

Numa reação rápida, o filho do policial, de 14 anos, pegou a arma do pai embaixo do banco e conseguiu render e imobilizar um dos bandidos, que estava desarmado. O subtenente conseguiu pegar a arma do filho e trocou tiros com o comparsa que foi em socorro ao homem imobilizado. Os dois bandidos fugiram sem levar nada. Baleado no pé, o filho do policial foi levado para o Hospital Estadual Azevedo Lima, que fica a 700 metros do local do incidente. A mãe do subtenente também precisou de atendimento, mas não se feriu. O caso foi registrado na 78ªDP (Fonseca).