Categorias
NOVIDADES

Perigo nas barcas

Previstos para serem usados ainda neste semestre pelos passageiros das barcas, os terminais aquaviários da Aerobarcos do Brasil Transportes e Turismo (Transtur), da Praça 15, no Rio, e Araribóia, Niterói, estão condenados pela Defesa Civil Municipal. A recomendação para os dois casos é a demolição das estruturas.

“O custo de recuperação é técnica e economicamente inviável”, diz o relatório. O documento de inspeção foi feito em 2009, ano em que os terminais pararam de operar. As vistorias foram efetuadas com o apoio e participação do Corpo de Bombeiros.

No caso da estação da Transtur na Praça 15, o documento afirma que o terminal inoperante oferece risco “inaceitável”, pois o simples movimento da maré pode desencadear um processo de instabilidade na estrutura de consequências “imprevisíveis”. Como o estado geral de conservação é altamente preocupante, a própria demolição, segundo os técnicos, envolve risco.

Em situação também problemática está o terminal da Transtur de Araribóia. O avançado estado de deterioração da estrutura não permitiu nem a inspeção de mergulho, quando se verifica a condição dos pilares. É sugerido que seja feito projeto novo.

O relatório foi produzido em julho de 2009, a pedido do presidente da CPI das Barcas na Alerj, deputado estadual Gilberto Palmares. Segundo a Defesa Civil, o objetivo era avaliar a necessidade de obras nos locais.

Fonte: O Dia.