Categorias

TEATRO Musical infantil Forró Miudinho, no Teatro da UFF

Serviço:
Forró Miudinho Espetáculo musical infantil
02 a 24 de julho de 2016 – sábados e domingos, às 16h
Ingressos: R$30 (inteira) / R$15 (meia)
Local: Teatro da UFF (Rua Miguel de Frias 9, Icaraí, Niterói, RJ – Tel: 3674-7511 e 3674-7512)
Lotação: 344 Lugares
Duração: 55 min
Censura Livre

Forró Miudinho

Vencedor em 06 categorias do Prêmio CBTIJ – 2015 (Texto, Direção, Coreografia, Elenco, Programação Visual e Melhor Espetáculo), além das indicações de Direção Musical, Produção e Figurino. Indicado também ao Prêmio Zilka Sallaberry de Melhor Atriz (Vera Novello), o musical infantil “Forró Miudinho” reestreia no Teatro da UFF, dia 02 de julho para uma temporada de um mês. Além das premiações e indicações acima, a Lúdico Produções recebeu, no Prêmio Zilka Sallaberry, o Prêmio Especial pela realização da trilogia musical infantil Sambinha, Bossa Novinha e Forró Miudinho e por manter as três peças em cartaz contínua e simultaneamente, desde 2013.

Forró Miudinho traz à cena uma história de amizade e respeito às diferenças, inspirada por músicas de compositores consagrados, que fizeram a história deste gênero. Texto inédito, Forró Miudinho faz parte da trilogia composta também pelos musicais infantis Sambinha (2013) e Bossa Novinha – A Festa do Pijama (2014), todos com texto de Ana Velloso, direção de Sergio Módena, direção Musical de Ricardo Rente e produção da Lúdico Produções Artísticas. O espetáculo se dedica a apresentar ao público infantil, através do teatro, um dos mais importantes gêneros da nossa música – o Forró. São 16 canções que marcam a importância desse ritmo. As cores do Nordeste são retratadas nesse contexto, filtradas pelos olhos do personagem central – Júnior (o mesmo de Sambinha e Bossa Novinha).

Forró Miudinho dá continuidade à história do protagonista Júnior, narrando a viagem do menino morador do subúrbio carioca, em companhia de sua tia Jurema à cidade de Juazeirinho (PB), terra natal da tia do menino, para visitar Dona Sebastiana (mãe dela, avó dele). Já pelo caminho, na viagem de ônibus, o menino vai conhecendo as riquezas do Nordeste e percebendo que há um universo inteiro a se conhecer além do seu quintal no subúrbio do Rio. O menino traz da Paraíba muitas lembranças e ensinamentos em sua “bagagem”. Neste espetáculo, está em evidência a mistura de influências que fazem da Música Brasileira uma das mais ricas do mundo. Assim como o Samba e a Bossa Nova, o Forró é um dos gêneros mais representativos da MPB. A construção do roteiro está diretamente ligada às letras e personagens das músicas que serão “encenadas”.

Em Forró Miudinho, a história é embalada por canções compostas ou imortalizadas por artistas como: Dominguinhos, Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Gilberto Gil, Sivuca, Glorinha Gadelha, Alceu Valença entre outros.

O projeto quer incentivar os pequenos a conhecerem suas raízes culturais e se orgulharem delas. Transmitindo às crianças, através da arte, a importância de valorizar suas próprias raízes, conduzindo para as gerações futuras o enorme valor de nossas tradições culturais. A trilogia tem como universo inspirador a música popular brasileira, com o propósito de levar ao público infantil uma mensagem de afirmação da identidade cultural brasileira. Na equipe artística, estão os mesmos profissionais que realizaram Sambinha (2013) e Bossa Novinha (2014), artistas de muita experiência em musicais brasileiros, como o diretor Sergio Módena (Ricardo III, Uma revista de ano – PoliticaMente Incorretos, A Arte da Comédia, entre outros), o diretor musical Ricardo Rente (Clara Nunes – Brasil Mestiço, Caymmi – O Bem do Mar, Meninos do Mangue e Estatuto de Gafieira), o iluminador Aurélio de Simoni e os atores/cantores Ana Velloso, Patricia Costa, Vera Novello, Milton Filho, Maurício Detoni e Édio Nunes (também coreógrafo da trilogia).

16 canções no repertório musical – Ai que saudade D'Ocê (Vital Farias) / Que nem jiló (Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira) / O sanfoneiro só tocava Isso (Haroldo Lobo e Geraldo Medeiros) / Sebastiana (Rosil  Cavalcanti) / Esperando na Janela (Targino Gondim/ Manuca Almeida e Raimundinho do Acordeon) / Asa Branca (Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira) / ABC do Sertão (Luiz Gonzaga e Zé dantas) / Baião (Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira)/ De Volta pro Aconchego (Dominguinhos e Nando Cordel)/ Toque de Fole (Bastinho Calixto e Ana Paula)/ Oia eu aqui de novo (Antônio de Barros) / Eu só quero um xodó (Dominguinhos e Anastácia) / Feira de Mangaió (Sivuca e Glorinha Gadelha) / Cantiga do Sapo (Buco do Pandeiro e Jackson do Pandeiro) / Chiclete com Banana (Almira Castilho e Gordurinha) / Roendo Unha (Luiz Gonzaga e Luiz Ramalho)/ Isso aqui tá bom demais (Dominguinhos e Nando Cordel).

Ficha Técnica
Texto e Roteiro Musical: Ana Velloso
Direção: Sergio Módena
Direção Musical e Arranjos: Ricardo Rente
Elenco: Ana Velloso, Édio Nunes, Milton Filho, Patrícia Costa, Vera Novello e Maurício Detoni
Músicos: André Rente, Firmino e Adaury Mothé
Iluminação: Aurélio de Simoni
Cenografia e Figurinos: Espetacular Produções – Ney Madeira e Dani Vidal
Bonecos: Bruno Dante
Preparação Vocal: Débora Garcia
Coreografias: Édio Nunes
Programação Visual: O Departamento Comunicação e Design
Direção de Produção: Lúdico Produções Artísticas
Assessoria de Imprensa: Duetto Comunicação

Leave a Comment

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>