Categorias

TEATRO JUVENAL, PITA E O VELOCÍPEDE

Serviço
Juvenal, Pita e o Velocípede
Data: 30 e 31 de julho e 06 e 07 de agosto de 2016
Horário: Sábados e domingos, às 16h
Entrada: R$30 (inteira)
Classificação Livre
Duração: 55 minutos
Teatro Municipal de Niterói
Rua XV de novembro, 35 – Centro, Niterói
Tel: (21) 2620-1624

Quando juvenal tinha cinco anos de idade, ele adorava brincar com seu velocípede. Um dia, enquanto descansava embaixo de um cajueiro, ele conheceu uma menina chamada Pita, que se tornou sua amiga inseparável. juntos, eles viveram grandes aventuras a bordo do velocípede construido pelo tio do menino. Agora, 30 anos depois, Pita escolhe o teatro como o local para reencontrar o amigo de infância que não via a tanto tempo.
Em “Juvenal, Pita e o Velocípede”, o ator Eduardo Almeida empresta as suas próprias lembranças de infância para contar as histórias do menino Juvenal. O projeto surgiu da vontade do ator de fazer uma montagem sobre as memórias da infância. Além das histórias pessoais e da equipe, o livro “Os fantásticos livros voadores de Modesto Máximo”, de William Joyce, foi uma das obras usadas durante o processo de pesquisa e de criação do espetáculo.
Integrante do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias, Cadu Cinelli é o diretor convidado da quarta montagem infanto-juvenil da Pandorga. No espetáculo, o público será convidado a se sentar em cadeiras e almofadas (120 lugares no total) colocadas no palco em um semicírculo voltado para as poltronas vazias. Os únicos objetos cénicos são um grande velocípede construído para a peça e um presente surpresa.

A Trajetória do Espetáculo

A peça estreou em julho de 2015 no Centro Cultural Justiça Federal. Fez temporada no Teatro Maria Clara Machado/Centro de Referência Cultura Infância, no Teatro Cândido Mendes, participou do SESI Cultural 2016 e tem circulado por várias unidades da Rede Sesc Rio. Em abril deste ano, esteve no Galpão Gamboa e, a partir de maio, faz parte da programação do Projeto Plateias Hospitalares do Grupo Doutores da Alegria.

Em abril, a Pandorga apresentou o espetáculo em Lima, no Peru, no IV Congresso de Literatura Infantil e Juvenil e do 1º Festival do Livro e das Ideias, promovidos pela Casa da Literatura Peruana e pelo Ministério da Cultura do Peru. O espetáculo foi ainda apresentado na Faculdade de Artes Cênicas, da Pontifícia Universidade Católica do Peru.

Juvenal, Pita e o velocípede foi indicado a diversas categorias em prêmios voltados para produções infantojuvenis, tendo conquistado o de Ator para Eduardo Almeida, no 2º Prêmio CBTIJ/ASSITEJ Brasil de Teatro para Crianças; e Texto, para Cleiton Echeveste e Iluminação, para Ricardo Lyra Jr., no 10º Prêmio Zilka Sallaberry de Teatro Infantil.

Leave a Comment

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>