Acesse nossas Mídias

Notícias

Faperj contempla projetos com recursos de R$ 5,7 milhões

Compartilhe

A Faperj (Fundação de Amparo à Pesquisa Carlos Chagas Filho) anunciou o resultado de dois editais, contemplando pesquisadores e empreendedores sediados no Estado do Rio de Janeiro. No programa Apoio à Formação e Consolidação de Grupos de Pesquisa Multi-Institucionais e Interdisciplinares – 2012, foram 21 os projetos aprovados. Já em Apoio ao Desenvolvimento da Tecnologia da Informação no Estado do Rio de Janeiro – 2012, o número de propostas que receberam a chancela da Fundação foram 13. Os dois editais, juntos, preveem investimentos de R$ 5,7 milhões.

No edital destinado à Formação e Consolidação de Grupos de Pesquisa Multi-Institucionais e Interdisciplinares, das 21 propostas contempladas, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) foi a instituição com o maior número de projetos aprovados, com um total de nove, seguida da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), com quatro. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) aparecem na lista com dois projetos cada. Em seguida, as instituições que tiveram uma proposta aprovada foram o Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), Instituto Militar de Engenharia (IME), Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e a Universidade Federal Fluminense (UFF).

O montante dos recursos alocados no edital para financiamento dos projetos, devido à disponibilização orçamentária e financeira passou de R$ 2 milhões para R$ 3,2 milhões. O edital apresentou demanda muitíssimo elevada, superando a proporção de 12 para 1 dos recursos inicialmente disponibilizados. O comitê de julgamento, formado por diversos pesquisadores da área de pesquisa interdisciplinar da Capes, oriundos de diversos estado do País, foi bastante rigoroso e, em muitas das propostas apresentadas, não reconheceu a explicitação da interdisciplinaridade exigida pelo edital, levando à recusa, por esse motivo, de um número substancial de propostas apresentadas. O programa de Apoio à formação e consolidação de grupos de pesquisa multi-institucionais e interdisciplinares, criado neste ano, tem como objetivo incentivar a formação e consolidação de grupos de pesquisa com atuação em diferentes áreas e foco em temas interdisciplinares.

Já no programa Apoio ao Desenvolvimento da Tecnologia da Informação no Estado do Rio de Janeiro – 2012, foi 13 o número de projetos que tiveram a aprovação da Fundação, após exame de comissão julgadora. Com dotação orçamentária de R$ 2,5 milhões, o edital contribuirá para impulsionar o empreendedorismo, apoiando desenvolvedores de diversas regiões do estado.


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Notícias

Topo