Acesse nossas Mídias

Agenda

Exposição “Vultos do não se pode” de Alessandra Cunha no Teatro Municipal

Compartilhe

Serviço

Exposição “Vultos do não se pode”, de Alessandra Cunha
Visitação: De 01 de setembro e 08 de outubro de 2016
Horário: De terças a sextas-feiras, das 10h às 18h; Sábados e Domingos, das 15h às 18h.
Classificação Livre

Local: Sala Carlos Couto – anexa ao Teatro Municipal de Niterói
Endereço: Rua XV de Novembro, 35, Centro, Niterói-RJ
Tel: (21) 2620-1624

 

A Sala Carlos Couto, anexa ao Teatro Municipal de Niterói, abre suas portas para receber a exposição “Vultos do não se pode”, da artista plástica mineira Alessandra Cunha (Ropre). A mostra pode ser visitada entre os dias 01 de setembro e 08 de outubro de 2016, terças a sextas, das 10h às 18h, sábados e domingos, das 15h às 18h. A entrada é gratuita.

Para compor as obras que serão exibidas, a artista se inspirou na lendária figura “Não se Pode” – que saía todas as madrugadas pelas ruas de Teresina, capital do Piauí, em uma época em que as mulheres não saiam sozinhas. Ela conta que conheceu a personagem em uma viagem a trabalho que fez à capital do Piauí.

Reza a lenda que quando via um homem na calçada, “Não se Pode”, como ficou conhecida, pedia-lhe um cigarro e acendia se esticando para alcançar o fogo do poste de iluminação pública e se o homem tentasse conversar, a dama saía correndo e gritando: “Não se pode! Não se pode!”. Com um toque contemporâneo, Alessandra Cunha busca repensar as repressões que atingem o público feminino e convida as mulheres a refletirem sobre seus reais limites.

Alessandra Cunha, que utiliza o nome artístico Ropre, nasceu no dia 30 de março de 1978, em Uberlândia (MG). Em 2010, graduou-se em Artes Plásticas pela Universidade Federal de Uberlândia. Desde então, vem formando um amplo currículo de exposições e prêmios em todo o mundo. Em 2012 a artista ganhou o Prêmio Aquisição, na categoria contemporânea do “V Salão de Artes Plásticas de São José do Rio Preto”. No ano seguinte, 2013, ganhou medalha de ouro por duas pinturas no “XXXVI Salão de Artes Plásticas Waldemar Belisário”, na Vila em Ilhabela (SP).


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Agenda

Topo