Acesse nossas Mídias
campanha combate coronavirus

Cultura

Exposição “Mulher, Direito e Sociedade” no Centro de Memória de Niterói

Compartilhe

image_galleryEm cartaz desde o último dia 11 de março, a exposição “Mulher, Direito e Sociedade: o feminino na construção da Justiça”, continua aberta ao público no Centro da Memória Judiciária de Niterói (Antigo Palácio da Justiça), na Praça da República, no centro da cidade. O evento, gratuito, acontece de segunda a sexta-feira, das 11h às 17h.

Composta por 62 painéis, a mostra apresenta uma perspectiva histórica sobre as questões de gênero na sociedade, principalmente, a relação entre as conquistas de direitos alcançadas pelas mulheres e as transformações provocadas por elas, dentro e fora do Poder Judiciário.

Dentre as mulheres desbravadoras mencionadas, estão Bertha Lutz (1894-1976) – cientista, feminista e responsável pela conquista do direito da mulher votar e ser votada no Brasil, em 1932; Almerinda Farias Gama (1899-1992) – advogada, feminista e líder sindical, sendo uma das primeiras mulheres negras a atuar na política brasileira; Nise da Silveira (1905-1999) – pioneira no tratamento médico destinado a doentes mentais, com métodos baseados na terapia ocupacional e na arteterapia; e Iete Bomilcar Ribeiro de Souza Passarella (1914-1992) – primeira mulher, do TJ do Estado da Guanabara, a se tornar juíza de Direito, em 1953, e também a primeira mulher desembargadora, em 1974.

A exposição aborda também a violência doméstica, destacando conquistas na área, como a “Lei Maria da Penha” (Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006) e a instituição de Juizados Especiais da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher. A mostra “Mulher, Direito e Sociedade: o feminino na construção da Justiça” é uma realização da Divisão de Difusão da Memória Judiciária e Educação Patrimonial (DIDEP), do Museu da Justiça – unidade vinculada à Diretoria-Geral de Comunicação Institucional (DGCOM) do TJRJ.


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Cultura

  • Agenda

    MAC e Museu Janete Costa reabrem para o público neste sábado

    Por

    CompartilheA Prefeitura de Niterói, por meio da Secretaria das Culturas/FAN, reabre neste sábado (08), para o...

  • Cultura

    Museu Janete Costa de Arte Popular com atrações virtuais

    Por

    CompartilheO Museu Janete Costa de Arte Popular oferece até 30 de abril uma divertida programação online....

  • Cultura

    Projeto de restauração do Cinema Icaraí aprovado

    Por

    Compartilhe O Conselho de Patrimonio Cultural de Niterói aprovou o projeto de restauração do Cinema Icaraí....

  • Agenda

    Oficina Social de Teatro apresenta a comédia “A irmandade das almas”

    Por

    CompartilheA Oficina Social de Teatro apresenta “A irmandade das almas”,espetáculo adaptado de alguns textos de Martins Penna. No dia da festade finados uma confusão acontece com vários núcleos da sociedadecarioca. Um homem que tira proveito dos mortos; uma moça se envolve com os problemas do namorado, que é coveiro; uma noviça que quer largar oconvento; três beatas fofoqueiras. Mantendo viva nessa encenação acomédia de costumes que foi introduzida por Martins Penna no cenárioteatral brasileiro, “A irmandade das almas” é uma comédia pra todafamília, que faz pensar sobre o lugar da mulher na sociedade, além dahipocrisia social. “Com este espetáculo, buscamos trazer sempre para a atualidade essegrande autor que foi Martins Penna que, com sua comédia de costumes,valorizou o teatro brasileiro. Como não queria escolher uma única obradesse autor utilizamos alguns textos para a montagem de uma outradramaturgia, mas respeitando os personagens de suas obras”, explica adiretora Erika Ferreira. Para este espetáculo, a OST fará uma grande campanha de formação deplateia através da oferta de ingressos gratuitos para estudantes darede pública de ensino de Niterói e pessoas ligadas a ONGs einstituições de caridade em geral. “Temos como fator prioritáriodiscutir temas que são importantes à sociedade, tendo no palco umaexcelente arma favorável à reflexão. Ao oferecer boa parte de seusingressos, a OST cumpre com um de seus pilares de missão que éoferecer teatro de qualidade a todos colaborando, com isso, comformação de uma sociedade mais justa e igualitária”, diz JoséGeraldo Demezio. SERVIÇO: 14 de dezembro de 2019 – 11h Classificação etária: Livre Duração média: 60 minutos Local: Sede da OST – Rua Saldanha Marinho, 14 – Centro – Niterói/RJ Ingressos: GRÁTIS Informações: (21) 2721-0468 REALIZAÇÃO: OFICINA SOCIAL DE TEATRO Link: http://www.ofsocialdeteatro.com/ Compartilhe

  • Cultura

    Mais uma operação do Procon nos mercados de Niterói

    Por

    CompartilheO Procon Estadual fiscalizou, na última segunda-feira (01/04), cinco estabelecimentos em Niterói e Maricá a pedido...

Topo