Categorias
NOVIDADES

EXPOSIÇÕES Exposição coletiva “Corpos Desconhecidos” em cartaz no Paschoal

1551_capaServiço

Exposição coletiva “Corpos Desconhecidos”
Período de visitação: de 04 a 30 de julho de 2015
Horários: Segunda a sexta-feira, das 10h às 17h. Sábados, Domingos e feriados, das 10h às 15h
Entrada franca

Local: Centro Cultural Pascoal Carlos Magno (CCPCM) – Sala Hilda Campofiorito
Endereço: Rua Lopes Trovão s/nº, Campo de São Bento – Icaraí, Niterói – RJ
Informações: (21) 2610-5748

O Centro Cultural Paschoal Carlos Magno recebe, entre os dias 04 e 30 de julho, a exposição coletiva “Corpos Desconhecidos”. Com obras dos artistas Júlia Quaresma, Paulo Cesar, Maria L. Xará, Paula Isabelle, Luiza Quintanilha, Maria Paganelli, Fábio Meirelles, Catharina Braga, Felipe Blunt e Wanderley Rego, a mostra pode ser conferida de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 15h, e tem entrada gratuita. A abertura acontece na sexta, 03 de julho, às 16h, seguida pelo tradicional Encontro com os artistas.

Do Graffiti ao Impressionismo, dez artistas com diferentes visões reúnem suas obras para compartilhar seus olhares, de um jeito mais íntimo, sobre corpos que nunca vamos conhecer. A mostra reúne diversas formas de arte, que trazem a representação de pessoas com as quais o único contato foi uma troca de olhares, por segundos. Ou, até mesmo, aquelas que a própria imaginação apresenta. As abordagens ilustram a inesgotável diversidade na interpretação do desconhecido.

Os artistas, calouros do curso de Pintura da Escola de Belas Artes da UFRJ, desafiam o espectador a buscar uma experiência nova, um contato mais sensível, a partir de um novo olhar sobre corpos que cruzam os caminhos de cada um todos os dias pelas ruas.

Os artistas

Fábio Meirelles – Artista de 21 anos, morador da cidade de Rio de janeiro que desde cedo pratica e participa de exposições em busca de mostrar sua arte e sua paixão pelas cores e pelo estilo de arte impressionista. Cursou desenho industrial na faculdade Gama filho, mas acabou desistindo para seguir a sua vontade de fazer Pintura na Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ.

Júlia Quaresma – Jovem artista que expressa em suas obras traços de ilustração e realismo. Inspirada pelos detalhes da vida, estudou na Escola de Artes Scliar, em Cabo Frio-RJ. Fez Workshop de ilustração com Bruna Hott, pela Zupi Academy, e atualmente é estudante do curso de Pintura na Escola de Belas Artes – UFRJ. Trabalha principalmente como ilustradora freelancer.

Wanderley Rego – Pintor estreante aos 58 anos, morador de Copacabana e estudante da Escola de Belas Artes. Felipe Blunt – O graffiti abriu portas e moldou a visão artística do artista de 25 anos, morador de Niterói, local onde monitorou oficinas em ONG’s e escolas. O grafiteiro já executou trabalhos como ilustrador de marcas de skate e street shop. Hoje, é estudante de Pintura da Escola de Belas Artes da UFRJ, e pretende se especializar na linguagem artística em todos os seus meios e suportes.

Luiza Quintanilha – Jovem de 18 anos que sempre trilhou o caminho das artes. Seja através da fotografia, da poesia, do desenho ou da música, a expressão da intensidade da alma sempre fascinou a artista. Moradora e amante do Rio de Janeiro, Luiza cursa seu primeiro período de Pintura na Escola de Belas Artes da UFRJ. Inspirada diariamente pelo mundo ao seu redor, a jovem busca incorporar ao seu trabalho a beleza que vê em todo lugar.

Maria Paganelli – A artista sempre teve um contato muito forte com todas as artes, as plásticas e corporais, e também as musicais. Com isso, procura dar uma sensação mais “inteira” a cada obra, pensando no seu sentido desde o processo de criação até o encontro com o receptor. Em seus trabalhos, pretende passar a ideia mais essencial, se preocupando com a estética geral num equilíbrio que torna suas obras completas.

Maria Luiza Xará – Artista de 18 anos e moradora do Rio de Janeiro. Através de sua arte, ela mostra o seu jeito de ver o mundo.

Paulo Cesar – Desde cedo ilustrando seus próprios cadernos de escola com rabiscos, Paulo Cesar, de 21 anos, tenta por meio de variadas formas de expressão pictórica descobrir o seu caminho dentro do mundo das artes. Iniciando Pintura na Escola de Belas Artes, e tendo já um primeiro contato com o graffite, começa a dar seus primeiros passos para esse novo universo artístico.

Paula Isabelle – Jovem artista de 22 anos que vê nas artes um meio de chegar mais perto do coração de cada pessoa. Seu trabalho possui caráter figurativo e sua técnica é ampla: vai de aquarela à acrílica, ou ainda, do gráfico ao realista. Formada em publicidade pela UFF e, agora, em busca de seu caminho artístico, estuda artes visuais na escola de Belas Artes da URFJ.

Catharina Braga – Artista de 18 anos que, através da pintura, tenta exteriorizar a liberdade indefinível que busca, mais precisamente desde os cinco anos, quando entrou para o seu primeiro curso de desenho. Começando aos nove com a pintura a óleo, decidiu dedicar a vida às Artes, sempre buscando apresentar sua própria essência artística. Moradora da Zona Oeste do Rio de Janeiro, hoje estuda Pintura na Escola de Belas Artes da UFRJ.