Categorias
NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Fase laranja da flexibilização das atividades em Niterói

Foto: Jornal O Globo

A cidade de Niterói começou ontem (21) a flexibilização de atividades e estabelecimentos para a transação ao denominado “Novo Normal”. Segundo a Prefeitura, a cidade passou da fase vermelha (situação muito grave da epidemia) para a laranja (atenção máxima).

Confira quais setores seguem fechados e quais poderão abrir, seguindo estudos que levam em consideração o grau da pandemia na cidade. São eles:

SERVIÇOS ESSENCIAIS

Administração Pública Municipal: Serviços de saúde, Serviços de assistência social, Serviços de segurança e ordem pública, Serviços de vigilância sanitária e agropecuária – 100% dos trabalhadores em regime presencial/ teletrabalho.

Serviços de Utilidade Pública: Energia, água, esgoto, resíduos, telecomunições – 75% dos trabalhadores em regime presencial, teletrabalho e atend. domicilar (urgências).

Mercados e Farmácias (rua) – 75% dos trabalhadores em regime presencial/ teletrabalho.

Administração Pública Municipal/ Serviços não essenciais –50% dos trabalhadores em regime de teletrabalho.

LAZER

Casas noturnas; bares e pub; eventos; teatros; cinemas e similares; clubes esportivos; recreativos e similares; academias; agencia de turismo; excursões e passeios; parques e jardins – Fechado.


Missas e serviços religiosos – Fechado.

Praias do litoral e águas internas – Presencial restrito/ atividades individuais.

EDUCAÇÃO

Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Superior e demais estabelecimentos educativos (auto-escola, cursos profissionalizantes, etc.) – Fechado

INDÚSTRIA

Construção de edifícios, obras de infraestrutura e serviços de construção – 50% dos trabalhadores em regime presencial/ teletrabalho.

Extração de Petróleo e Gás – 50% dos trabalhadores em regime presencial/ teletrabalho

Serviços de apoio à extração de petróleo e gás natural – 50% dos trabalhadores em regime presencial/ teletrabalho

COMÉRCIO

Comércio Varejista não essencial (rua), artigos do vestuário e acessórios, equipamentos de informática e comunicação, artigos culturais, recreativos e esportivos – Fechado

Ferragens, madeira e material de Construção Civil – 50% dos trabalhadores em regime presencial/ teletrabalho

Produtos farmacêuticos, perfumaria e cosméticos e artigos médicos, ópticos e ortopédicos – 25% dos trabalhadores. em regime presencial / teletrabalho

Shopping Centers – Fechado

Comércio de Veículos – Lojas de automóveis e Concessionarias (rua) – 50% dos trabalhadores em regime presencial / teletrabalho.

Manutenção e Reparação de Veículos Automotores (rua) – 50% dos trabalhadores em regime presencial / teletrabalho.

Comércio Atacadista Não essencial (rua) – Fechado.

SAÚDE

Saúde – Clinicas e Consultórios Odontológicos – 50% dos trabalhadores em regime presencial restrito/atendimento individualizado

ALIMENTAÇÃO

Alimentação – Restaurantes a la carte / prato feito – 50% dos trabalhadores no regime de tele-entrega.

Restaurantes buffet – Fechado

Padarias – 50% dos trabalhadores no regime de tele-entrega.

Lanchonetes – 25% dos trabalhadores no regime presencial/pague e leve.

ALOJAMENTO E HOSPEDAGEM

Hotéis e similares – 50% dos trabalhadores em regime presencial/teletrabalho.

SERVIÇOS

Serviços de advocacia, contabilidade, consultoria e similares – 25% dos trabalhadores em regime presencial / teletrabalho.

Serviços de arquitetura e engenharia, testes e análises técnicas – 25% dos trabalhadores em regime presencial / teletrabalho.

Serviços veterinários – Fechado

Estacionamento – 25% dos trabalhadores em regime presencial / teletrabalho.

Serviços de tecnologia da informação – Fechado

Edifícios e atividades paisagísticas – Fechado

Corretoras de câmbio – Fechado

Imobiliárias e similares – 25% dos trabalhadores em regime presencial / teletrabalho.

SERVIÇOS PESSOAIS

Cabeleireiros, salões de beleza e demais atividades de tratamento de beleza – 50% dos trabalhadores em regime presencial / teletrabalho.

Manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos – 25% dos trabalhadores em regime presencial / teletrabalho.

TRANSPORTE

Transporte de cargas (qualquer modal) – 100% dos trabalhadores em regime presencial

Transporte coletivo de passageiros (qualquer modal) – 75% dos trabalhadores em regime presencial.

Transporte coletivo de passageiros intermunicipal – 50% dos trabalhadores em regime presencial.

*Fonte: Prefeitura de Niterói