Acesse nossas Mídias
campanha combate coronavirus

Notícias

Dinheiro público no lixo: catamarã que fazia o trajeto Rio-Niterói segue afundando em Paquetá

Dinheiro público no lixo: catamarã que fazia o trajeto Rio-Niterói segue afundando em Paquetá

Compartilhe

Catamarã Jumbo Cat I, que fez o trajeto de Charitas ao Rio durante anos, foi largado e está afundando em píer interditado por também estar em estado de abandono.

A associação de moradores já acionou a Capitania dos Portos, a autoridade marítima.

“A Capitania dos Portos determinou retirada do óleo. Foi retirado, até motor. Segundo capitania, disseram que a empresa responsável contratou um plano de reflutuação, mas permanecia aqui” disse Guto Pires, diretor-geral da Associação de Moradores de Paquetá.

‘Titanic de Paquetá’

Os moradores também já reclamaram com a Secretaria estadual de Transportes, que fiscaliza as barcas. “Procuramos a Secretaria de Transportes para saber quem deu autorização para que o proprietário possa tirar. Um crime contra o Meio Ambiente e um risco para as crianças”, afirmou Conceição Campos, Representante da Associação de Moradores de Paquetá.

José Fonseca é comerciante e dono de um dos restaurantes mais tradicionais da ilha. O estabelecimento sempre teve a vista como um dos pontos fortes, mas os clientes passaram a almoçar olhando para o “Titanic de Paquetá”.

“Todos eles comentam ‘que coisa horrível. Troço imundo, poluindo a baía’. Está caindo e não tem providência de ninguém. Eu abria de segunda a segunda. Agora, segunda e terça e fecho. Está abandonado. Não tomam providência nenhuma”, disse José.

Fontes: matérias de Diego Haidar e Rennan Rebello, RJ1 e Carlos Briggs, BandNewsFmRio.


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Notícias

Topo