Acesse nossas Mídias
campanha combate coronavirus

Notícias

Medidas restritivas mais rigorosas em Niterói

Compartilhe

Prefeitos de Niterói e Rio de Janeiro definem medidas com os Comitês Científicos – Foto: Divulgação

O prefeito de Niterói, Axel Grael, junto ao prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, confirmaram em uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira (22) novas medidas restritivas para os próximos 10 dias (de 26 de março a 4 de abril). Os novos decretos só autorizam o funcionamento dos serviços essenciais.

“Houve a iniciativa do governador de apresentar um decreto e nós vamos apresentar um conjunto de medidas que estarão nós dois decretos. Os decretos não são idênticos, mas trazem uma sinergia, uma combinação de ações que vão manter o equilíbrio e uma estratégia de combate a covid. Estamos vivendo talvez o momento mais crítico desta pandemia. As coisas estão acontecendo muito rápido. Hoje nos já estamos em uma situação muito diferente da última quinta feira”, disse Grael.

Bares, restaurantes, escolas e creches serão fechadas. A permanência de pessoas na rua está vetada entre 23h e 5h. A vacinação contra a covid-19 não será interrompida. Segundo os secretários de saúde das duas cidades, presentes no pronunciamento, os critérios foram os aumentos de casos, óbitos, atendimentos hospitalares e utilização de eitos da rede pública.

Em Niterói, segundo o secretário de saúde da cidade, Rodrigo Oliveira, em três dias a cidade passou de 56% para acima dos 90% de ocupação de UTI em hospitais particulares. Na rede SUS, a ocupação era de 86% nesta segunda (22).

Não poderão abrir:

Lojas de comércio não essencial;
Shoppings;
Bares, lanchonetes e restaurantes (só podem funcionar no esquema drive thru ou entrega);
Boates e danceterias;
Museus; galerias; bibliotecas;
Salões de cabeleireiro;
Clubes;
Quiosques;
Parques de diversão;
Escolas, universidades e creches.


Poderão funcionar:

Supermercado;
Farmácia;
Transporte;
Comércio atacadista;
Pet shop;
Lojas de material de construção;
Locação de carros;
Serviços funerários;
Bancos;
Serviços médicos;
Mecânicas e loja de autopeça;
Hotelaria, com serviço de alimentação restrito a hospedes.


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Notícias

Topo