fbpx
Acesse nossas Mídias
veículo-clonado-recuperado

Notícias

Cercamento eletrônico ajuda a identificar e apreender carro clonado em Niterói

Compartilhe

Veículo foi recuperado e dois homens levados à delegacia para prestar esclarecimentos

PARTICIPE DOS GRUPOS DE NITERÓI NO WHATSAPP CLICANDO AQUI

O Sistema de Cercamento Eletrônico do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), da Prefeitura de Niterói, identificou um carro clonado, nesta quarta-feira (15), que já estava sendo monitorado por aparecer em duas cidades com distância maior que 1800 km em um curto espaço de tempo.

Avisados pelos guardas municipais, os agentes do Programa Segurança Presente conseguiram apreender o veículo e levar os dois homens à delegacia para prestar esclarecimentos.

Na última semana, a equipe de monitoramento do Cisp recebeu uma notificação da inteligência artificial do sistema de Cercamento Eletrônico que detectou a passagem de um veículo Fiat Strada, de cor cinza, por Niterói em um intervalo de 8 horas após o mesmo ser identificado na cidade de Primavera do Leste, no Mato Grosso, há aproximadamente 24h de distância e mais de 1800 km.

Na tarde desta quarta, ao receberem o alerta de uma nova passagem do veículo no Centro, os agentes do Cisp acionaram via rádio a Polícia Militar e o cerco foi montado na Av. Jansen de Mello.

Após vistoria no veículo, foi verificada divergência na numeração do motor. O motorista e o acompanhante foram levados para a delegacia.

Cisp

As 120 câmeras de cercamento eletrônico, instaladas pela Prefeitura em pontos estratégicos da cidade, são capazes de reconhecer fragmentos de placas, letras e números.

O Cisp conta ainda com 522 dispositivos e 10 portais de segurança nas entradas e saídas que monitoram a cidade 24 horas.

Graças ao sistema de Cercamento Eletrônico, cerca de 500 veículos envolvidos em crimes ou clonados foram recuperados desde 2019 com a implantação das câmeras inteligentes, sendo em ações em tempo real, com aviso às forças de segurança, que fazem o cerco e efetuam a prisão, ou através de ação de monitoramento de quadrilhas ou envolvidos em crimes para posterior prisão.

Essas câmeras são capazes de captar em segundos a placa de um veículo envolvido em algum tipo de ocorrência.

As câmeras contam com um software de análise de inteligência e reconhecimento de placas, e são colocadas em pontos específicos da cidade, ampliando a eficiência em áreas limítrofes, Isso auxilia as forças de segurança na recuperação de veículos clonados ou mesmo que tenham sido roubados naquele momento, coordenando as ações integradas de prevenção de fluxo de automóveis e suspeitos.

Desde 2015, o Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) ajudou na investigação e elucidação de crimes que também levaram à prisão de criminosos, presos em ações orientadas pelos guardas municipais que atuam no local.

Foram mais de 3.700 exportações de imagens para as delegacias e tribunais de Justiça, com auxílio também do setor de inteligência do órgão.

O trabalho do Cisp já se tornou uma referência, sendo procurado por integrantes das áreas de segurança de outros estados e municípios que visitam Niterói para conhecer os serviços oferecidos no local.


Compartilhe
Continuar Lendo
Comentários

Mais Notícias

Topo
Precisa de ajuda?