Categorias
NOVIDADES

SHOWS André da Mata lança seu primeiro CD no Teatro Municipal

1737_flyer

Serviço

André da Mata – Lançamento de CD
Data: Domingo, 22 de novembro de 2015
Horário: 19h
Ingresso: R$ 30 | Meia-entrada: R$ 15
Duração: 120 min
Classificação etária: livre

Teatro Municipal de Niterói
Rua XV de Novembro, 35, Centro, Niterói-RJ
Tel: (21) 2620-1624

No domingo, 22 de novembro de 2015, às 19h, o cantor e compositor André da Mata, talento da nova geração do samba, lança seu primeiro CD no Teatro Municipal de Niterói. Com produção musical do arranjador Alessandro Cardozo, André traz para o palco toda a sua experiência com o samba no nordeste aliada à sua vivência em terras cariocas. Os ingressos custam R$ 20 reais.

O CD de André da Mata é um trabalho independente e conta com a direção e produção musical do talentoso cavaquinista e arranjador Alessandro Cardozo, trazendo no repertório sofisticados arranjos, muito swing e participação de artistas reconhecidos no cenário carioca e nacional, como Ronaldinho Fundo de Quintal, Marcelinho Moreira, Mingo Silva, Moyseis Marques e Maria Menezes.

Trajetória do músico

André da Mata nasceu em Natal, no Rio Grande do Norte, e foi criado em Mossoró, interior do seu estado. Compositor por inspiração e cantor por amor à música, aprendeu a tocar violão e cavaquinho aos 14 anos de idade. O cavaquinho tornou-se o seu escudeiro fiel, sempre o acompanhando em suas andanças pelos sambas e madrugadas.

Nascido e criado no sertão nordestino, no meio de uma diversidade musical com predominância do forró, André encantou-se pelo samba de raiz e fez dele a sua verdade. Ergueu a bandeira do samba durante dez anos à frente do grupo Samba Nobre, projeto que idealizou visando fortalecer o movimento do samba pelo nordeste.

Vivendo no Rio de Janeiro desde 2013, o sambista finalizou seu primeiro CD, que traz no repertório 14 faixas, sendo 13 canções autorais ou feitas com parcerias, e a gravação de um samba inédito “Comida de comer com a mão”, música que homenageia a culinária nordestina, cedida pelos autores paulistas Nino Miau e Paquera (Idealizadores do Samba da Vela).