Categorias
NOVIDADES

TEATRO Espetáculo Sakurá – O florescer de um grande amor

Serviço:
De 07 a 29 de maio de 2016 –sábados e domingos, às 17h
Sakurá – O florescer de um grande amor
Estréia:
 14 de maio de 2016

Ingressos:
R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)
Local: Teatro da UFF – Rua Miguel de Frias 9, Icaraí, Niterói – RJ
Capacidade: 344 lugares
Duração: 60 minutos
Classificação: Livre
Gênero: infanto-juvenil

Sinopse: Já é março em um pequeno vilarejo no Japão e as últimas folhas das cerejeiras já são levadas pelo vento. Todos se preparam para os festejos do Hanami, que nada mais é do que contemplar o florescer das cerejeiras, o desabrochar do Sakurá. In é um jovem que anseia por se tornar um samurai, mas para isso terá que cumprir sua grande missão e enfrentar seu maior inimigo. Yo é uma jovem que desde muito pequena foi prometida às tradições e, portanto, deve se tornar uma gueixa, para ser apresentada durante os festejos do Hanami. No entanto, ela não deseja seguir a tradição imposta. Para encontrar seus destinos eles terão que aprisionar o mal dentro deles e somente assim enfrentar a grande maldição que diz: “aquele que alcançar o Monte Fuji sem possuir um coração puro, estando cheio de sentimentos obscuros, ficará preso ali para sempre”. O poder de escolha, com suas raízes de aprendizado, será a chave para a realização de seus sonhos. Dois destinos cheios de aventuras, batalhas e desafios que se cumprirão quando cair a última flor de cerejeira, o ultimo Sakurá.

Sakurá – O florescer de um grande amor

O espetáculo infanto-juvenil Sakurá – O florescer de um grande amor, inédito e que fará sua estreia no Teatro da UFF, é o resultado de uma pesquisa iniciada pela Cia. Crias da Casa no ano de 2010, dando continuidade aos trabalhos do grupo no que diz respeito à criação e ao desenvolvimento de espetáculos teatrais com possibilidades múltiplas de linguagens. A intenção é a de despertar especial interesse entre crianças e jovens de todas as idades; sem perder o viés lúdico, educativo e informativo, como realizado em Três Marias, último espetáculo da Cia., que alcançou grande sucesso de crítica e público.

A montagem da peça é da Crias da Casa, e aborda as tradições milenares do Japão. A proposta é traçar um paralelo entre os aspectos da cultura daquele país  em seus contrapontos atuais e a relação com a cultura brasileira. A construção das cenas e dos elementos teatrais são o resultado de pesquisa e experimentos de recursos estéticos, musicais e corporais adequados à proposta de encenação. O espetáculo conta com texto e direção de Gabriel Naegele e com um elenco afiado na linguagem infanto-juvenil, composto por Aline Peixoto, Denise Peixoto, Gabriel Naegele, Leo Thurler e Maria Vidal.

Seguindo a tradição e o significado de Cia. Teatral, os atores assumem outras funções. Maria assina a direção de movimento, Leo os figurinos e o visagismo, Aline e Denise a direção musical e Gabriel o cenário. E ainda contam com Jorge Maya na preparação vocal, Ricardo Lyra na iluminação e com a CultConsult na produção. Para além de pressupostos comerciais, a Cia Crias da Casa aposta numa comunicação profunda, sensível, leve e divertida com o seu público, acreditando e vivenciando na prática o poder transformador intrínseco num projeto cultural.

A Crias da Casa é um grupo com mais de 10 anos de atuação no mercado teatral e educacional. Todos os profissionais, que nela atuam, têm ampla experiência como arte-educadores e veem uma grande possibilidade de formar cidadãos conscientes de seus papeis na sociedade e no mundo. Entendem que o fenômeno teatral exige muita dedicação, trabalho e respeito, principalmente quando destinado ao público infantil! Em sua trajetória, a Crias da Casa tem mais de 15 produções teatrais, premiadas em diferentes Festivais de Teatro ocorridos em todo o país. Destaque para o último trabalho – “Três Marias” – com enorme sucesso de crítica e público, sendo indicado para nove categorias dentre as 10 do Prêmio Zilka Sallaberry, conquistando os de Melhor Espetáculo e Melhor Figurino. O mesmo espetáculo participou ainda do XIV Festival Nacional de Teatro de Guaçuí / ES, sendo indicado para 12 das 13 categorias, e dentre estas recebeu os prêmios de Melhor sonoplastia, Melhor iluminação, Melhor maquiagem, Melhor figurino, Melhor atriz (DenisePeixoto) e o Prêmio Especial do júri de Excelência de Pesquisa e Direção de Movimento (Maria Vidal). No 41° FENATA – Festival Nacional de Teatro de Ponta Grossa –PR, foi indicado para nove das 11 categorias, dentre as quais recebeu os prêmios de Melhor sonoplastia, Melhor iluminação, Melhor cenografia, Melhor figurino, Melhor atriz coadjuvante – Aline Peixoto, Melhor direção, Melhor texto e Melhor Espetáculo.